Dia de campo une produtores e estudantes de gastronomia
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Dia de campo une produtores e estudantes de gastronomia

A ação ocorreu no assentamento Chapadinha, no Núcleo Rural Lago Oeste, a 35 km de Brasília
Por:

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) promoveram, na terça (5), um dia de campo para integrar produtores de alimentos e estudantes de gastronomia participantes do programa Do Rural à Mesa. A ação ocorreu no assentamento Chapadinha, no Núcleo Rural Lago Oeste, a 35 km de Brasília.

Com a parceria entre as duas instituições, os agricultores fornecem os alimentos diretamente para os restaurantes do Senac no Distrito Federal. A ação envolve os processos produtivos, gerenciamento e comercialização.

Os agricultores são assistidos pela Assistência Técnica e Gerencial do Senar com foco na melhoria da produtividade, geração de renda e na formação de canais de comercialização direta.

“O programa Do Rural à Mesa trouxe incremento na renda aos agricultores. Mesmo no auge da pandemia, os restaurantes continuaram comprando os produtos para o preparo de marmita para a entrega”, destacou o técnico de campo do Senar, Thiago Campos.

Durante a visita técnica os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer de perto a rotina do campo.

Antônio Porfírio, de 40 anos, produz cenoura, batata, beterraba, quiabo e tomate cereja e desde 2019 fornece esses alimentos por meio da iniciativa.

“Os alunos conseguiram compreender que os alimentos que eles recebem na cozinha tem toda uma história por trás, que envolve o preparo de solo, semeadura, manejo até a colheita, passando ainda pela higienização, embalagem e transporte”.

Para o estudante do Senac, Rainner Gomes, de 33 anos, a experiência de ir até o meio rural foi interessante para conhecer a complexidade do trabalho do manejo no campo e a dedicação dos agricultores.

“É muito importante essa visão completa de como é feito o trabalho, de como é realizado o manejo até chegar a nossa cozinha para preparar o final. É muito interessante conhecer todas as técnicas isso vai influenciar inclusive no sabor dos alimentos”, ressaltou.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.