Dificuldade no escoamento de carne bovina

Agronegócio

Dificuldade no escoamento de carne bovina

Mesmo com o início de mês e a chegada dos salários, o escoamento da carne bovina não tem evoluído
Por:
271 acessos

Mesmo com o início de mês e a chegada dos salários, o escoamento da carne bovina não tem evoluído. Houve desvalorização de 2,7% para o boi casado de animais castrados na última quarta-feira (9/11). Os negócios ocorreram em R$9,44/kg, frente a R$10,27/kg no final de setembro, o pico nominal observado em 2016.

Ainda assim, as margens de comercialização estão acima da média histórica. Para as próximas semanas há a expectativa quanto ao pagamento da primeira parcela dos décimos terceiros salários, que pode ajudar as vendas na ponta final, mas sem excesso de otimismo.

Em São Paulo, a oferta de boiadas não tem permitido que os frigoríficos imponham pressão maior, mas nas demais praças foram observadas mais quedas que valorizações, também influenciadas pelo escoamento fraco. As desvalorizações para o boi gordo, em geral, têm sido limitadas pela disponibilidade de boiadas.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink