Distribuição de sementes começa segunda-feira na região do Cariri/CE

Agronegócio

Distribuição de sementes começa segunda-feira na região do Cariri/CE

Em todo o Ceará, serão distribuídas sementes de feijão, milho, arroz, sorgo, algodão, mamona, gergelim, girassol e amendoim
Por:
512 acessos
Cerca de 90% das sementes do Programa Hora de Plantar já estão nos 11 armazéns do interior do Estado

Fortaleza - A distribuição de sementes do programa Hora de Plantar 2012 começa na próxima segunda-feira, na região do Cariri. Lançado na terça-feira (27) na sede da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) do Ceará, o projeto prevê a distribuição 3,8 toneladas de sementes para agricultores familiares do Estado. Ao todo, 250 mil produtores deverão ser beneficiados através da ação, para a qual foram aplicados R$ 17 milhões.


De acordo com a engenheira agrônoma e orientadora da cédula de agricultura de sequeiro da SDA, Conceição Pontes, após a região do Cariri, as sementes começarão a ser distribuídas, no restante do Estado, conforme o início do período chuvoso em cada região. "Provavelmente, as próximas distribuições vão ser, então, nas serras", indica.

A partir do início das chuvas, complementa, os produtores podem começar a pedir as sementes nos armazéns de suas respectivas regiões. "O agricultor é quem vai sentir a necessidade", frisa. Hoje, afirma, entre 85% e 90% das 3,8 toneladas de sementes já estão nos 11 armazéns que abastecem o Estado. A expectativa é de que todas as sementes sejam entregues até a primeira semana de janeiro.

Segundo o engenheiro agrônomo Marcondes Oliveira, o prognóstico da Funceme também serve como base para definir o início do cultivo. O agricultor é orientado a plantar as sementes somente após a divulgação da previsão de chuvas feita pela Funceme, a qual está prevista para a primeira quinzena de janeiro de 2012.


A SDA também espera, ressalta Conceição, que o sistema de informação ligado à distribuição das sementes possa ser aprimorado e passe a funcionar em tempo real. Atualmente, afirma, muitos Municípios não têm condições técnicas de enviar, de modo instantâneo, as informações sobre quantos quilos de sementes foram distribuídos.

Em todo o Ceará, serão distribuídas sementes de feijão, milho, arroz, sorgo, algodão, mamona, gergelim, girassol e amendoim, além de muda de cajueiro anão, urucum e mandioca. Mais informações sobre o projeto, assim como o manual que detalha a distribuição das sementes, por município, podem ser acessadas na página eletrônica da SDA - http://www.sda.ce.gov.br.

Tratores

Durante o lançamento do Hora de Plantar 2012, também foi feita a entrega de 104 tratores a associações comunitárias de agricultores de 66 Municípios cearenses. Para a iniciativa, que faz parte do Projeto São José, foram aplicados cerca R$ 5,7 milhões. Segundo informações da SDA, 6.450 famílias deverão ser beneficiadas através da ação.


Para as associações que receberam os veículos, a expectativa é de que os tratores resultem em um aumento da renda e da produção nos próximos anos.

Conforme o representante da Associação de Moradores de Papel e Garrote, de Paramoti, Vicente Rodrigues, a entidade, que até ontem não tinha um veículo do tipo, costumava alugar um trator que viabilizasse a realização das atividades agrícolas, que envolvem principalmente o plantio de milho e feijão. O aluguel, afirma, representava um gasto elevado, custando entre R$ 80 e R$ 90 por hora.

O aluguel de trator também é praticado na comunidade Várzea/Panchavati, no Município de Jucás. Segundo Wilson Teixeira, representante da entidade, o trator que os produtores costumam alugar muitas vezes não está disponível, o que prejudica a produção da comunidade.

Segundo o titular da SDA, Nelson Martins, a Secretaria irá acompanhar a utilização dos tratores, para garantir que os veículos não sejam vendidos e sejam utilizados para o benefício dos produtores. Conforme ele, desde que o Estado passou a distribuir tratores, há cinco anos, 500 veículos já foram distribuídos.


Além do secretário, também participou da entrega dos tratores o governador Cid Gomes, que destacou a necessidade de apoiar os pequenos produtores. "É fundamental incentivar a agricultura familiar", frisou.

Implementos

No último ano, os tratores distribuídos às associações foram entregues sem alguns dos implementos que garantem o pleno funcionamento dos veículos. Em Paramoti, por exemplo, informa o prefeito Marcos Aurélio Santos, o trator enviado a uma associação não continha a máquina debulhadora, precisando este equipamento ser alugado pelos agricultores da localidade.

De acordo com Nelson Martins, a ausência dos suplementos ocorreu porque a empresa que deveria entregar os equipamentos, previstos no processo licitatório, não o fez. "Então, nós desfizemos o contrato e fizemos uma nova licitação", diz. Conforme o secretário, os implementos devem ser entregues até fevereiro de 2012 e os 104 tratores ontem repassados às associações já contam com os implementos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink