Diversificação: a palavra-chave para superar a crise

Agronegócio

Diversificação: a palavra-chave para superar a crise

Tema é abordado durante o 26º Simpósio da Agroindústria da Cana-de-Açúcar de Alagoas
Por: -Janice
270 acessos

O ciclo de palestras do 26º Simpósio da Agroindústria da Cana-de-Açúcar de Alagoas, realizado no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió, foi aberto na manhã desta terça-feira, dia 07, com uma exposição sobre a cana-de-açúcar, proferida pelo presidente da Datagro (SP), Plínio Nastari.

O simpósio, que está sendo realizado de forma simultânea com a 6ª Feira Regional do Setor Sucroalcooleiro (Fersucro) e que é considerado um dos maiores eventos do setor, este ano, traz como tema: “Cana-de-açúcar no Brasil e a crise mundial”. O evento, que foi aberto oficialmente na segunda-feira, prossegue até a próxima sexta-feira, dia 10.

Plínio Nastari, proferiu a palestra a um público muito atento. De acordo com ele, apesar do Estado passar por uma entressafra difícil, mediante a crise mundial que já acontece desde setembro de 2008, há uma expectativa de melhora no setor nos próximos anos, apesar da crise, o consumo de açúcar continua crescendo, o mercado ainda é construtivo por conta de quedas de produção em várias partes do mundo.

Para Nastari, com sua experiência na área, o grande desafio para os produtores alagoanos é saber diversificar, começar a produzir produtos de maior valor agregado, diferenciar os produtos e assim elevar a renda do Estado, produzir etanol e utilizar cogeração com bagaço de palha deve ser elemento importante de geração de renda para o setor. “Não é difícil se organizar para atingir esse objetivo, esse é o caminho. Transformem Alagoas num centro de grandes negócios, mesmo sendo um Estado pequeno tem que ser inovador” enfatizou Nastari durante a palestra.

Projeções conservadoras de demanda indicam que até 2020, o etanol deve representar 72% da moagem de cana no Brasil, estimada em mais de 1,3 bilhão de tons (mercado de energia muito maior do que o do açúcar). Alagoas precisa ser mais competitiva, investir mais em tecnologias para não perder mais espaço no mercado.

Entre as outras palestras que serão ministradas durante a programação do Simpósio estão: Valorização e gestão da diversidade nas empresas, Estudo da estabilidade em amostras de açúcar VHP, Estudo da influência de substâncias nas análises sacarimétricas de caldo de cana, Desempenho operacional das destilarias de Alagoas na Safra 2008/09, entre outras.

Abertura

A abertura oficial do 26º Simpósio da Agroindústria da Cana-de-Açúcar de Alagoas ocorreu, segunda-feira, por volta das 20 horas, no Centro de Convenções, tendo como ponto alto da solenidade, a entrega das homenagens feitas a duas personalidades que contribuíram para a criação e consolidação do simpósio como um dos mais importantes eventos do setor sucroalcooleiro nacional.

Organizado e promovido pela STAB Regional Leste, o simpósio recebe, este ano, mais de mil participantes entre profissionais, estudantes e empresários do setor. As informações são da assessoria de imprensa do evento.

SERVIÇO:

Evento: 6ª Feira Regional Sucroalcooleira e XXVI Simpósio da Agroindústria da Cana-de-açúcar de Alagoas
Período: 06 a 10 de julho de 2009
Local:Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió
Informações: (82) 3327-9632, fax (82) 3327-9228 ou e-mail stableste@stableste.org.br

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink