Agronegócio

Doze animais morrem após beber água em riacho no PR

Onze vacas e um boi do plantel do criador morreram imediatamente depois de beber água no Córrego Peroba
Por: -Fernando Rocha Faro
68 acessos

A pequena criação de gado de Manoel Raimundo dos Santos, de 47 anos, morador de Assaí, no Norte do Paraná, sofreu uma enorme baixa na tarde dessa quinta-feira (21-12). Onze vacas e um boi do plantel do criador morreram imediatamente depois de beber água no Córrego Peroba. A causa das mortes será investigada por órgãos ambientais da região.

Até o final da tarde dessa quinta-feira, os fiscais do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), não haviam chegado à Vila São Paulo, onde Santos cria os animais há 60 dias. Ele contou que, após levar o gado até o córrego, viu as cabeças tombando imediatamente.

"Foi muito rápido. Não deu tempo nem de chamar um veterinário", comentou. O criador declarou ainda que viu peixes mortos às margens do córrego. Outro morador da região, Nelson Leandro da Silva, de 63 anos, também perdeu cinco vacas em situação semelhante recentemente.

O secretário da Agricultura e Abastecimento de Assaí, Luiz Shirai, disse que amostras das vísceras dos animais e da água do córrego seriam coletadas para análise em laboratório. Para ele, somente um produto "muito tóxico" pode ter causado as mortes de forma tão rápida. "Vamos disponibilizar um trator, fazer a valeta e enterrar os animais aqui mesmo", informou.

O técnico em pecuária da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Lourival José da Silva, ressaltou que o criador sempre vacinava o gado nos prazos estabelecidos, o que praticamente descarta a hipótese das mortes terem causa não ligada à suposta contaminação do rio.

"O diagnóstico exato somente será conhecido após a divulgação dos resultados dos exames laboratoriais", reforçou. Silva, porém, não soube precisar o prazo para a conclusão dos procedimentos, o que vai depender do laboratório escolhido para realização das análises.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink