E lá vem pressão de baixa
CI
Agronegócio

E lá vem pressão de baixa

Os importadores de carne bovina estão buscando renegociar preços e prazos. Alegam problemas de acesso a crédito e já se preparam para uma possível retração no ritmo de crescimento de consumo
Por:

Da feira de SIAL, na França, chegam notícias de que os importadores de carne bovina estão buscando renegociar preços e prazos. Alegam problemas de acesso a crédito e já se preparam para uma possível retração no ritmo de crescimento de consumo.

Internamente, o atacado trabalhou em baixa ao longo dos últimos dias, como é típico de segunda quinzena de mês. E a oferta de animais terminados, apesar de se manter em níveis relativamente baixos, é suficiente para atender a atual demanda das indústrias, que trabalham bem abaixo da capacidade normal de abate.

É preciso considerar ainda que os pecuaristas, receosos com a situação financeira de pequenos e médios frigoríficos, têm priorizado as vendas para os “grandões”, facilitando a formação das escalas. E eles ainda contam com gado próprio e boi a termo.

Diante desse cenário, os frigoríficos deverão pressionar negativamente o mercado do boi gordo. Essa deverá ser a toada desse final de outubro.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.