EBDA lança nova variedade de mamona
CI
Agronegócio

EBDA lança nova variedade de mamona

“Hoje estamos reconhecendo o trabalho dos nossos profissionais e possibilitando ao agricultor uma alternativa para aumentar a produção. Com a EBDA MPA 34 temos mais uma oportunidade de estar ao lado do produtor, enfrentando juntos os problemas do dia
Por:
Foi lançada, na tarde de sexta-feira (02), a nova variedade de manona EBDA MPA 34, pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A (EBDA), orgão vinculado a Secretaria da Agricultura (Seagri). A nova cultivar, recomendada para agricultura familiar, foi oficialmente lançada no Portal de Convivência com o Semiárido, montado pela EBDA durante a 24ª Feira Nacional de Agropecuária (Fenagro), no Parque de Exposições de Salvador.


O presidente da EBDA, Elionaldo de Faro Teles, ressaltou o avanço nas pesquisas realizadas pela Empresa, que possibilitou o desenvolvimento da nova variedade de oleaginosa. “Hoje estamos reconhecendo o trabalho dos nossos profissionais e possibilitando ao agricultor uma alternativa para aumentar a produção. Com a EBDA MPA 34 temos mais uma oportunidade de estar ao lado do produtor, enfrentando juntos os problemas do dia a dia” , salientou o presidente.

O secretário da Agricultura, Eduardo Sales, destacou a importância da repercursão do trabalho desenvolvido pela EBDA, e de apresentar ao meio urbano os trabalhos realizados na zona rural. “Este é mais um passo rumo a Bahia e ao Brasil sem pobreza. A nossa expectativa é de que a nova cultivar seja ainda mais produtiva do que os resultados iniciais apontam; é a Bahia partindo na frente”, afirmou Sales.


O diretor de agricultura da EBDA, João Bosco, apontou os diferenciais da EBDA MPA 34, que chega a ser 20% mais produtiva que as cultivares similares. “Estamos sendo pioneiros e abrindo os caminhos para uma cultura sustentável, com uma variedade totalmente adaptada ao semiárido e às necessidades do agricultor familiar”, explica o diretor. A deputada Fátima Nunes, presente o evento, saudou os técnicos da Empresa e declarou que a nova cultivar é um sucesso para as unidades familiares rurais da Bahia.

Os técnicos que desenvolveram as pesquisas, Ariosvaldo Santiago, Valfredo Vilela, Arnou Dourado, Luana Cerqueira e Vlademir Silva, foram homenageados pelos presentes e reafirmaram o compromisso com a difusão da nova variedade de mamona, bem como com o seguimento das pesquisas.



Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.