Elmiro Nascimento leva pedidos dos cafeicultores ao ministro da Agricultura
CI
Agronegócio

Elmiro Nascimento leva pedidos dos cafeicultores ao ministro da Agricultura

Minas quer a elevação do preço da saca de café e autorização para registro de produtos destinados ao combate à broca
Por:
Minas quer a elevação do preço da saca de café e autorização para registro de produtos destinados ao combate à broca

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, vai se encontrar na tarde desta quarta-feira (24), em Brasília, com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade. Ele estará acompanhado do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, e do presidente da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Marcelo Lana. Um dos objetivos da audiência  é reiterar a necessidade da adoção de gestões, pelo governo federal, para que o preço mínimo do café seja estabelecido em piso não inferior a R$ 350,00 por saca de 60 quilos. 

A solicitação já foi encaminhada em ofício, pelo governador de Minas, Antonio Anastasia, à presidente Dilma Roussef.  O secretário enfatiza que a adoção do novo preço mínimo dará ao cafeicultor mineiro condições de cobrir o custo de produção nas lavouras. Além da revisão do preço mínimo do café, que se encontra atualmente em R$ 261,69 a saca, os cafeicultores mineiros estão pleiteando também a prorrogação do prazo para vencimento de todos os créditos em aberto, com vencimento em 2013. 

“Esta medida também é de grande importância para equilibrar os prejuízos já acumulados, e sua aprovação pelo Conselho Monetário Nacional irá desobrigar o produtor de vender seu café neste momento de queda dos preços. A redução do volume de vendas para quitação de dívidas evitará nova desvalorização do produto”, explica o secretário. 

Controle da broca 

Durante a audiência com o ministro da Agricultura, o secretário de Minas também vai reforçar o pedido das entidades da cafeicultura nacional para a realização de gestões que agilizem os registros de novos produtos em substituição ao ingrediente ativo endosulfan. Esse produto, sem similar registrado no Brasil, é utilizado para o controle da Broca do Cafeeiro, uma das principais pragas que atinge a cultura do café, causando danos que restringem o acesso do café brasileiro a importantes mercados internacionais. 

“Portanto, é necessário o empenho pessoal do ministro Antônio Andrade para reforçar a importância do imediato credenciamento de produtos substitutos no controle da Broca”, finaliza Nascimento.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.