Emater apresenta à Seades propostas para integração de ações

Agronegócio

Emater apresenta à Seades propostas para integração de ações

Equipe da Emater-AL apresentou ao gestor da Seades dois programas desenvolvidos pelo Instituto que trabalham questões relacionadas à inclusão produtiva.
Por:
322 acessos

Para dar andamento à estratégia de fortalecimento das cadeias produtivas em Alagoas, o diretor-presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater-AL), Carlos Dias, apresentou ao Secretário de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seades), Antônio Pinaud, em reunião nesta quinta-feira (28), propostas de integração das ações das duas pastas.

A equipe da Emater-AL apresentou ao gestor da Seades dois programas desenvolvidos pelo Instituto que trabalham questões relacionadas à inclusão produtiva, podendo, dessa maneira, contar com o apoio da Secretaria para sua ampliação e desenvolvimento - o Fomento Semiárido, do Programa Brasil Sem Miséria, que prevê o investimento de crédito orientado para famílias na linha da pobreza ou extrema pobreza e o Programa Nacional de Habitação Rural, do Governo Federal, que é executado também pela Emater em Alagoas e tem como finalidade possibilitar o acesso ao agricultor e trabalhador rural à moradias dignas.

“Há a necessidade de nós integrarmos as ações para que se possa dinamizar e otimizar os serviços oferecidos à população. Esse é um pedido do governador Renan Filho, de que sua gestão esteja próxima aos alagoanos. A Secretaria de Assistência Social, através do trabalho realizado pelo secretário Pinaud, pelo aspecto que é semelhante ao da Emater, de estar sempre em contato com quem mais precisa, é um dos pontos de partida dessa iniciativa, de buscar junto a outros órgãos a ampliação dos serviços oferecidos, seja ele na assistência técnica, seja na extensão rural ou nesse caso também, a parceria dentro dos conselhos relacionados à alimentação, nutrição e segurança alimentar”, destacou Carlos Dias.

Antônio Pinaud ressaltou o trabalho da Emater-AL na busca de parcerias dentro do Estado para melhorias dos serviços prestados à população.

“Nós temos que parabenizar a Emater e sua equipe, porque está buscando aquilo que o Governo quer, que é convergência e intersetorialidade entre as áreas. É muito importante porque a assistência tem que migrar para a inclusão social produtiva e o Carlos vem fazendo isso com muita atenção e hoje eu pude conhecer alguns dos principais projetos que a Emater tem nesse segmento, fico muito gratificado por esse encontro, que não termina aqui. Vamos até o final para fazer com que o Estado de Alagoas tenham negócios e mercados sociais, para a massa de beneficiados que são atendidos pela Emater e Seades, que estão na pobreza e extrema pobreza”, pontuou o gestor. 

Além da apresentação dos programas trabalhados pela Emater-AL, um dos temas debatidos foi a inclusão de produtos da agricultura familiar na cesta básica alagoana que é distribuída pela Seades. De acordo com o Antônio Pinaud, há, diante do que foi apresentado, grandes possibilidades de avanço nas parcerias.

“Com relação à cesta básica nós precisamos de um tempo maior para comprar de fato da agricultura familiar, pois há produtos que compõem a cesta que tem especificações nutricionais que devem ser atingidas, então isso precisa ser analisado”, concluiu Pinaud.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink