Emater/Ascar realiza reunião com escritórios municipais em Livramento
CI
Agronegócio

Emater/Ascar realiza reunião com escritórios municipais em Livramento

A delegação da Emater/Ascar, participou de encontro com empregados dos 16 Escritórios Municipais da área de abrangência do Escritório Regional
Por:

Como parte do seu programa de Interiorização, o Governo do Estado cumpriu, nesta sexta-feira (10), um amplo roteiro em Santa do Livramento, administrativa da Instituição de Bagé. A delegação da Emater/Ascar, participou de encontro com empregados dos 16 Escritórios Municipais da área de abrangência do Escritório Regional, com as gerências estaduais e regional e a diretoria. Durante a abertura, o diretor administrativo Cilon Fialho da Silva falou sobre os resultados da gestão e perspectivas da instituição.

O gerente regional Mário Silveira apresentou novos empregados da Instituição, contratados em 2009 e 2010. Já os gerentes estaduais falaram sobre resultados nas gerências de planejamento, técnica, comunicação, tecnologia da informação, recursos humanos e classificação e certificação. Houve, também, a participação do secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio, Gilmar Tietböhl, e dos diretores superintendente, Gilberto Bonatto, e financeiro, José Antonio Gadenz, ambos da Fundação Assistencial e Previdenciária da Extensão Rural no Rio Grande do Sul (Fapers).

A economia da região baseia-se na produção primária de carne, lã, leite e na cultura do arroz. Outras alternativas produtivas são os plantios da soja e do sorgo, a fruticultura, a olericultura, a apicultura e a piscicultura. A Emater/RS-Ascar na região administrativa de Bagé assiste, aproximadamente, 12 mil famílias de agricultores familiares, 10 mil famílias de pecuaristas familiares, três mil famílias de agricultores assentados, 400 famílias de pescadores artesanais, 128 famílias quilombolas e 10 famílias indígenas. Na pecuária, os municípios de Aceguá, Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra e Lavras do Sul apresentam 12,2% do rebanho de ovinos do Estado, sendo 9,1% de bovinos e 10% de eqüinos, e são responsáveis por 15,9% da produção estadual de lã.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink