Emater-MG auxilia agricultores de Limeira do Oeste a conseguir energia elétrica
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

Emater-MG auxilia agricultores de Limeira do Oeste a conseguir energia elétrica

Técnico da empresa assessora produtores rurais no preenchimento de cadastro pela internet
Por:

Uma ação da Emater-MG está ajudando a levar energia elétrica às propriedades rurais de Limeira do Oeste, no Triângulo Mineiro. Produtores do município estão procurando o escritório da empresa para fazer o cadastro junto à Cemig, que executa um programa de universalização de eletrificação rural, para solicitar a ligação à rede de distribuição.

O cadastro deve ser feito acessando Cemig Atende na internet e o link Análise para Ligação Novo Rural. É preciso coletar as coordenadas geográficas do local da sede ou pode-se utilizar imagens do Google Earth e também do poste de energia mais próximo para subsidiar o estudo da Cemig e na sequência preencher um formulário e fornecer informações como a carteira de identidade, CPF, matrícula ou escritura da propriedade, Cadastro Ambiental Rural (CAR) e outros. “Geralmente eu faço esse cadastro para os agricultores, pois muitos têm dificuldades para lidar com a internet, criar e-mail e anexar documentos. Depois, eu acompanho o processo de solicitação e vou dando o retorno para os produtores”, explica o técnico da Emater-MG no município, César Correia Santos.

Mudança de vida

Segundo ele, após a aprovação do cadastro, a Cemig envia um e-mail ou Carta Acordo via Correios, com um contrato constando os orçamentos sobre as obras que precisam ser realizadas para a ligação à rede de energia elétrica. O contrato deve ser assinado pelo produtor. Porém, na maioria dos casos, as obras são feitas sem custo para o solicitante, sendo totalmente paga pela Cemig, mediante Programa de Universalização Rural.“Tenho realizado, junto com os produtores, o cadastro no site da Cemig para novas ligações na zona rural, com sucesso. Nos últimos meses, foram concretizados cerca de dez projetos, nos quais os agricultores custearam apenas o padrão de entrada e o disjuntor. Caso o agricultor seja cadastrado no CadÚnico, pode solicitar o Padrão de Entrada, Ramal de Conexão e o kit de Instalação Interna (3 lâmpadas, 2 tomadas e disjuntor) totalmente gratuitos. São projetos que custam entre R$ 15 mil e R$ 56 mil”, informa César Santos.

Com a orientação do extensionista da Emater-MG, o produtor rural André Oliveira de Souza se inscreveu no programa em outubro de 2021 e, no começo de junho deste ano, teve instalada a rede monofásica com transformador de 10Kva na sua propriedade. “Ter energia elétrica no sítio ajudou demais. Agora posso eletrificar as cercas para evitar a fuga de animais, usar ferramentas elétricas e pretendo furar um poço para bombear água para a caixa d´água. A energia vai permitir a realização de vários projetos, que antes não tinha como implantar”, salienta André.

Além da melhoria no processo produtivo através da adoção de novas tecnologias como tanque de leite, picadeira, bomba d'água, cerca elétrica, dentre outras possibilidades, o acesso à energia elétrica gera uma grande transformação na qualidade de vida dos produtores, permitindo a iluminação da residência, ter chuveiro quente e geladeira funcionando, além de outras atividades corriqueiras. “É gratificante quando a família rural é beneficiada com a viabilização da energia elétrica. Ela impacta muito positivamente, provocando uma grande melhoria na vida das pessoas”, destaca o extensionista César.  O Cemig Atende pode ser acessado pelo site www.cemig.com.br.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.