Emater/RS-Ascar promove atividades durante a Semana do Alimento Orgânico

Agronegócio

Emater/RS-Ascar promove atividades durante a Semana do Alimento Orgânico

Evento foi instituído para levar informação aos consumidores e ampliar o mercado de orgânicos
Por:
2150 acessos
Até o próximo domingo (05/06), a Emater/RS-Ascar promove atividades que integram a Semana do Alimento Orgânico, promovida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Na Região Metropolitana, as atividades acontecem em Porto Alegre e Novo Hamburgo e contarão com a presença do presidente da Emater/RS, Lino De David. Segundo o fiscal federal pecuário do Mapa, José Cleber Dias de Souza, o evento foi instituído para levar informação aos consumidores e ampliar o mercado de orgânicos, bem como incentivar os agricultores a adotarem o sistema agroecológico.


O produtor Nélio Ungaretti Moresco, cansado de utilizar agrotóxicos, decidiu, há mais de oito anos, partir para o sistema orgânico, por também não ser prejudicial ao meio ambiente. O agricultor faz parte da Organização de Controle Social (OCS) Porto Alegre/Viamão e, além de cultivar citros, pêssegos e pimentas de forma orgânica, produz flores. Moresco comercializa seus produtos nas feiras ecológicas dos bairros Bom Fim e Menino Deus, na Capital.

Nesta terça-feira (31/05), será realizada uma Tarde de Campo sobre Agroecologia em Porto Alegre, a partir das 14h, no Centro Agrícola Demonstrativo (CAD), que fica na Estrada Bérico Bernardes, 2939, na divisa entre Porto Alegre e Viamão. O evento é voltado para todas as pessoas que se interessam pela atividade, explica o extensionista da Emater/RS-Ascar, Luis Vieira Ramos, sejam consumidores, agricultores ou técnicos.


A Tarde de Campo é realizada pela Emater/RS-Ascar, Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Porto Alegre (SMIC/CAD), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Mapa, Escola Técnica de Agricultura de Viamão (ETA), OCS Porto Alegre/Viamão e Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Já na quarta-feira (01/06), será realizado o 1º Encontro Regional da Biodiversidade, que tem como objetivos despertar e compreender o significado da diversidade biológica, possibilitar a troca de sementes crioulas, reconhecer o valor nutricional e destacar experiências de vida dos agricultores familiares dos Sinos e Paranhana comprometidos com a sustentabilidade dos ecossistemas.


O Encontro acontece no salão da comunidade católica de Lomba Grande, em Novo Hamburgo, a partir das 8h. Segundo o chefe do escritório da Emater/RS-Ascar em Novo Hamburgo, Carlos Rocha, o resgate e a manutenção das mudas e sementes crioulas são práticas agrícolas incentivadas pela Instituição para a sustentabilidade nas pequenas propriedades familiares, visando à ampliação da variabilidade de cultivares utilizadas pelos agricultores em sua alimentação, à comercialização dos excedentes e à preservação ambiental.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink