Embarque de carne bovina salta 37% em abril ante um ano atrás
CI
Agronegócio

Embarque de carne bovina salta 37% em abril ante um ano atrás

Em abril do ano passado, o setor havia embarcado 69,2 mil t
Por:
As exportações de carne bovina do Brasil cresceram 37 por cento em abril em relação ao mesmo mês de 2012, somando 95,2 mil toneladas no mês, informou nesta quinta-feira a Secretaria de Comércio Exterior, confirmando expectativas da indústria.

Em abril do ano passado, o setor havia embarcado 69,2 mil toneladas.

O número também superou as 85,3 mil toneladas embarcadas em março.

O volume registrado no mês, o maior desde outubro do ano passado (100,6 mil t), coincide com o cenário traçado pela indústria de firmes exportações no trimestre, beneficiadas pela demanda de importantes mercados como a Rússia, principal destino da carne bovina do Brasil.


O câmbio também vem favorecendo as vendas externas da indústria de carne bovina, uma vez que a valorização cambial resulta em preços mais baixos em dólar, melhorando a competitividade do produto brasileiro.

O acompanhamento da Secex indica que o preço médio da tonelada exportada ficou em 4,58 mil dólares por tonelada, inferior na comparação com os 4,61 mil dólares de março.

Em abril do ano passado, o valor médio da tonelada exportada estava em 4,95 mil dólares.

A receita com as vendas no mês passado somou 436,6 milhões de dólares, aumento de 27 por cento sobre abril de 2012, quando as exportações renderam 343 milhões de dólares.

No mês passado, os embarques geraram 393,7 milhões de dólares.

FRANGO E SUÍNOS

As exportações de carne de frango do Brasil somaram 307,4 mil toneladas em abril, 3 por cento acima das 298,5 mil toneladas apuradas no mesmo mês do ano passado, informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

O volume também supera as 296 mil toneladas embarcadas em março.

Os embarques de carne de frango em abril renderam ao setor 677,6 milhões de dólares, superando os 561 milhões de dólares no mesmo mês de 2012 e os 643 milhões de dólares do mês anterior.

As vendas de carne suína recuaram para 29,4 mil toneladas, ante as 41,4 mil toneladas de abril do ano passado, e também abaixo das 32,7 mil toneladas de março.

A receita seguiu a mesma linha recuando para 87,3 milhões de dólares em abril, queda de cerca de 23 por cento ante abril de 2012 e de 7 por cento ante março.

A indústria vem sofrendo os efeitos de um embargo temporário imposto desde meados de março pela Ucrânia, um dos principais destinos para a carne suína do Brasil, que afirma ter encontrado presença de bactéria em alguns carregamentos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.