Embraer estende alerta para inspeção em modelos Ipanema
CI
Agronegócio

Embraer estende alerta para inspeção em modelos Ipanema

O motivo do alerta foi a constatação de que aeronaves fabricadas na década de 1970 apresentaram trincas na longarina da asa
A Embraer estendeu o alerta para proprietários e operadores de aviões Ipanema que precisam inspecionar as asas e estrutura de fixação de suas aeronaves. Agora o Boletim de Serviço emitido em fevereiro deste ano tem abrangência até a aeronave número de série 200.709 (antes ia somente até o aparelho de número 200.407). O alerta engloba os modelos EMB-200, EMB-200A, EMB-201 e EMB-201A.


O motivo do alerta foi a constatação de que aeronaves fabricadas na década de 1970 apresentaram trincas na longarina da asa, devido à corrosão nos parafusos de junção das estruturas e adjacências. No caso de corrosão, as trincas podem se propagar e levar à separação da asa em pleno voo. Segundo a empresa, outro agravante nos casos constatados foi que os parafusos estavam recobertos por camadas de tinta encobrindo os indícios de corrosão.


O boletim da Embraer fornece as instruções e ilustrações necessárias para a realização de uma inspeção da longarina incluindo os elementos de fixação com a fuselagem e junção das semiasas. O que deve ocorrer na próxima inspeção programada de 50 horas da aeronave.


Veja aqui o boletim com as instruções para mecânicos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.