Embrapa apresenta Sistema de Produção da Mandioca para Roraima
CI
Agronegócio

Embrapa apresenta Sistema de Produção da Mandioca para Roraima

Produção de mandioca no Estado passa de 75 mil toneladas
Por:

A Embrapa Roraima lança neste mês de junho o Sistema de Produção para Cultivo da Mandioca em Roraima, uma publicação com informações técnicas importantes para a exploração do cultivo no estado. O trabalho, que é fruto da pesquisa de profissionais da Embrapa e Universidade Federal de Roraima, traz informações sobre as fases de estabelecimento da cultura, controle de pragas e doenças, manejo da colheita e da pós-colheita e uso da mandioca na alimentação animal.

Segundo o pesquisador Everton Diel, um dos autores da publicação, o Sistema de Produção representa um marco zero na mandiocultura de Roraima.  "Será um ponto de partida para os produtores interessados em produzir as raízes com mais tecnologia e avançar rumo a industrialização, utilizando todo o conhecimento para aproveitar não só o produto principal, que são as raízes, mas seus coprodutos como a farinha, a fécula (amido da mandioca) e a transformação do amido em etanol", diz.

O "Sistema de Produção da Mandioca para Roraima" já está disponível na Embrapa. Para mais informações, entrar em contato com o Setor de Transferência de Tecnologia da Unidade pelo telefone (95) 4009- 7135.

Mandiocultura no estado

A mandioca é bastante difundida em Roraima por ser uma cultura rústica, adaptada a várias condições climáticas. É também bastante cultivada pela agricultura familiar e pode ser encontrada tanto nas variedades brava (utilizada para a fabricação de farinha e fécula) e mansa (para consumo de mesa ou animal). Em Roraima, a produção é na sua maioria destinada à fabricação de farinha.

A cultura abrange uma área de 5.800 ha, com produção em torno de 77.000 toneladas e produtividade média de 13.000 kg/ha de raízes, segundo dados do IBGE 2011. O cultivo ainda é realizado em região de mata, apesar de ser cultivada também em área de savana por indígenas e pequenos produtores rurais. Essa cultura tem um papel importante na alimentação humana e animal no estado, além de ser usada como matéria-prima para inúmeros produtos industriais e na geração de emprego e de renda.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink