Embrapa apresenta tecnologias para flores e plantas ornamentais no DF

Agronegócio

Embrapa apresenta tecnologias para flores e plantas ornamentais no DF

A produção de mudas de flores e plantas ornamentais em laboratório será um dos destaques do estande da Embrapa na Feira do Empreendedor
Por: -Janice
621 acessos
A produção de mudas de flores e plantas ornamentais em laboratório será um dos destaques do estande da Embrapa na Feira do Empreendedor, que acontece entre os dias 22 a 26 de Julho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF). São esperadas 20 mil pessoas no evento, considerado um dos mais importantes promovidos pelo Sistema Sebrae para orientar na geração de novos negócios e na gestão sustentável das empresas já existentes.

O protocolo para a micropropagação in vitro de abacaxis ornamentais, desenvolvido pela Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza-CE), foi o primeiro passo para solucionar um dos gargalos da cadeia produtiva do setor: a produção de mudas de qualidade em grande quantidade. Como resultado, o Ceará se tornou o maior exportador brasileiro de abacaxis ornamentais. A partir daí, a Unidade iniciou o desenvolvimento de outros protocolos, como o de antúrio, helicônia e orquídea.

Serão expostos produtos da BioClone, empresa cearense que produz mudas por meio da tecnologia de micropropagação in vitro e está incubada no Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Novas Empresas de Base Tecnológica Agropecuária e Transferência de Tecnologia (Proeta).

Incubação

O Proeta é um programa criado pela Embrapa, com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para promover o agronegócio, mediante a transferência de tecnologias por meio da incubação de empresas. O programa é um canal de inovação, além de contribuir para a geração de emprego e renda. “A idéia é que possamos mostrar aos empreendedores que a Embrapa possui, não só tecnologias disponíveis para serem adotadas, mas também mecanismos para que isso se torne realidade, como é o caso da BioClone, da Panflora (empresa já graduada) e de várias outras que estão em processo de incubação”, diz Genésio Vasconcelos, coordenador regional do Proeta para o Nordeste.

A micropropagação in vitro produz mudas em condições assépticas, apresentando várias vantagens em relação às obtidas pelos métodos convencionais. Além de facilitar o transporte, a comercialização e o plantio, a técnica resulta em mudas geneticamente uniformes, livres de pragas e doenças e com alta taxa de multiplicação. Além disso, as mudas podem ser produzidas em qualquer época do ano, em períodos de tempo e espaço físico reduzidos.

A colheita pode ser programada para períodos mais convenientes, oferecendo produtos padronizados. A utilização de mudas micropropagadas nos plantios comerciais permite, ainda, a redução do custo de produção, pois a técnica permite diminuir o uso de produtos para o controle de pragas e doenças.

Gergelim

Durante a feira, serão apresentados vários produtos e tecnologias desenvolvidos por outras Unidades da Embrapa e que estão disponíveis para empreendedores que desejem aderir ao Proeta. Da Região Nordeste participará, além da Embrapa Agroindústria Tropical, a Embrapa Algodão (Campina Grande-PB), que levará para o evento tecnologias de produção de biscoitos de gergelim, pasta de amendoim com chocolate e barras de cereais com gergelim.

Os produtos panificáveis, como os biscoitos, são considerados funcionais por possuírem em sua composição cálcio, proteínas de alta digestibilidade, vitaminas, minerais, substâncias imunoestimulantes, dentre outras não encontradas em panificáveis convencionais. A barra de cereais apresenta alto teor de proteínas, fibras, cálcio, vitaminas do complexo B e substâncias estimulantes do organismo em geral e do sistema imunológico como a arginina, sesamina, sesamolina e sesamol. Já a manteiga de amendoim com chocolate é indicada para tratamento de casos severos de desnutrição e apresenta proteínas de fácil digestão, vitaminas, fibras, minerais e substâncias funcionais como o resveratrol.

Outras informações sobre o Proeta. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Agroindústria Tropical.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink