Embrapa defende uso de transgênicos
CI
Agronegócio

Embrapa defende uso de transgênicos

Entraves políticos e jurídicos emperram a aprovação de projetos
Por:

No Brasil, o desenvolvimento de pesquisas na área de transgênicos pode ser considerado exemplo, mas a comercialização desses produtos geneticamente modificados está ainda muito aquém do que acontece no resto do mundo. Entraves políticos e jurídicos emperram a aprovação de projetos na Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), conforme o membro do órgão e pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, unidade de Sete Lagoas (MG), Edilson Paiva.

Atualmente, a única cultura transgênica autorizada no Brasil é a soja. Há outros projetos para as culturas do milho, algodão e na área de fruticultura, por exemplo, que aguardam avaliação e possível aprovação por parte da CTNBio. O país conta com 6 milhões de hectares de soja transgênica. De acordo com Paiva, o projeto do milho está para ser votado e a audiência pública deverá ser realizada dia 20 deste mês.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink