Embrapa desenvolve método para avaliar transgênicos

Agronegócio

Embrapa desenvolve método para avaliar transgênicos

A avaliação tem o objetivo de ajudar a garantir o uso das plantas de maneira segura
Por: -Assessoria de Imprensa
10 acessos

A Embrapa desenvolveu um método para auxiliar a avaliação de plantas geneticamente modificadas. Trata-se da Avaliação de Risco de Plantas Geneticamente Modificadas que vai ajudar a garantir o uso dessas plantas de maneira segura como as convencionais. Segundo a pesquisadora da área de Biossegurança Kátia Regina Evaristo de Jesus, o método GMP-RAM (Genetically Modified Plants - Risk Assessment Method/Método de Avaliação de Risco de Plantas Geneticamente Modificadas) conta com uma ferramenta de apoio, o software GMP-RAM v.1.1, que é um formato eletrônico para a disposição de planilhas e pode ser acessado no site da Embrapa Meio Ambiente (SP).

“Esse programa apresenta duas ferramentas: a planilha para a Compilação da Evidência de Risco e a Matriz de Avaliação de Risco”, explica. A primeira ferramenta é utilizada para identificar e caracterizar o risco potencial do emprego de determinada planta geneticamente modificada e permite a atribuição de valores para avaliar o nível ou índice de risco e significância no contexto da atividade a ser desenvolvida.

A Matriz de Avaliação, segunda ferramenta do software, apresenta a estrutura para a observação do risco potencial em um formato visual para a ilustração do manejo que deve ser empregado para garantir o uso seguro da planta geneticamente modificada. “Com este método o produtor conseguirá visualizar quais são os indicadores problemáticos que mais necessitam de monitoramento para, em seguida, tomar atitudes específicas para cada caso”, acrescenta Kátia.

De acordo com a pesquisadora, a fase anterior ao plantio de uma planta geneticamente modificada consiste na identificação de seus riscos potenciais para minimizar o impacto ambiental causado pelas práticas ligadas ao cultivo. “Atualmente, essa avaliação é feita caso a caso sem o emprego de uma metodologia definida, ficando a cargo dos avaliadores a responsabilidade de elencar os parâmetros mais representativos para uma avaliação segura.

O GMP-RAM é um método simples e fácil de avaliar estas questões e por estar disponível para acesso gratuito no site da Embrapa Meio Ambiente o torna acessível para o produtor”, diz. Kátia ressalta ainda que a utilização do método e do Software GMP-RAM atenua a responsabilidade do avaliador como um direcionador dos indicadores que devem ser analisados e dos componentes que podem ter importância no processo, o que possibilita a análise caso a caso e o emprego do transgênico de modo que permita a prevenção de danos ao meio ambiente.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink