Embrapa desenvolve pesquisa para combater erva daninha
CI
Agronegócio

Embrapa desenvolve pesquisa para combater erva daninha

O combate à tiririca, uma das plantas invasoras mais expressivas do mundo é o objetivo do projeto
Por:

O combate à tiririca, uma das plantas invasoras mais expressivas do mundo, é objetivo de estudo do Projeto Plantas Bioativas com o chinchilho (Tagetes minuta), também conhecido como erva-fedorenta ou alfinete-do-mato. Identificada pela comunidade científica como uma planta com propriedades biocidas, inibidoras do crescimento de microorganismos, está sendo analisada por pesquisadores da unidade Clima Temperado, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

De acordo com o pesquisador Gustavo Schiedeck, a proposta é desenvolver um produto à base de chinchilho, para ser elaborado pelos próprios agricultores em suas propriedades. Se os resultados forem satisfatórios, a tecnologia ficará à disposição dos interessados em reproduzi-la. “Os principais beneficiados serão os agricultores da Agroecologia, já que a mão-de-obra para a capina é um problema nas propriedades e a planta age como um herbicida natural, facilitando o manejo”, explicou Gustavo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.