Embrapa lança laboratório de nanotecnologia para agronegócio

Agronegócio

Embrapa lança laboratório de nanotecnologia para agronegócio

Unidade de São Carlos (SP) atuará em três linhas de pesquisa
Por:
232 acessos

Foi inaugurado no final de maio o Laboratório Nacional de Nanotecnologia para o Agronegócio (LNNA), localizado na sede da Embrapa Instrumentação Agropecuária, em São Carlos (SP). O laboratório ocupa uma área de 700 metros quadrados e é considerado uma iniciativa pioneira no mundo nessa linha de pesquisa. Os trabalhos funcionarão por meio da Rede de Nanotecnologia Aplicada ao Agronegócio, que envolve pesquisadores de 28 instituições de ensino e pesquisa do país.

A rede atuará em três linhas de pesquisa: sensores e biossensores para monitoramento de processos e produtos; membranas de separação e embalagens biodegradáveis, bioativas e inteligentes; e novos usos de produtos agropecuários.

O LNNA iniciou pesquisa com polímeros biodegradáveis oriundos de fontes renováveis para aplicação no agronegócio. A ideia é que o laboratório também possa ser utilizado como facilitador para colaborações científicas com outras instituições ou como agente prestador de serviços para instituições públicas ou privadas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink