Embrapa lança publicações sobre Manejo Integrado de Pragas da soja
CI
Agronegócio

Embrapa lança publicações sobre Manejo Integrado de Pragas da soja

As publicações estão disponíveis para download na página da Embrapa Soja
Por:
A Embrapa Soja acaba de editar duas publicações que trazem novas informações sobre a relevância do Manejo Integrado de Pragas e também sobre os níveis de desfolha tolerados na soja sem reduzir a produtividade. As duas publicações, detalhadas abaixo, estão disponíveis para download na página da Embrapa Soja. (www.cnpso.embrapa.br/alerta)

Circular Técnica 78 - Práticas de Manejo de Pragas utilizadas na soja e seu impacto sobre a cultura

Na década de 80, a aplicação de inseticidas nas lavouras de soja caiu de cinco para duas, com a adoção de práticas preconizadas pelo Manejo Integrado de Pragas (MIP). O MIP consiste em um conjunto de técnicas preventivas e curativas que visam à redução dos danos causados pelas pragas, sempre levando em consideração o aspecto ambiental e econômico.

Entre estas técnicas, encontra-se o uso de produtos mais seletivos e sua utilização - sempre condicionada - ao monitoramento periódico dos insetos e aos níveis de ação pré-estabelecidos para cada praga. Apesar dos benefícios proporcionados pelo MIP, gradativamente os produtores vêm fazendo aplicações preventivas, sem ter a confirmação da real necessidade de controle químico.

A Embrapa Soja, a cooperativa C. Vale e a UFPR instalaram experimentos nas safras 2005/2006/2007, em alguns locais do Paraná e de Goiás, cujos resultados vêm enfatizar a necessidade da retomada do MIP. Os dados completos dos experimentos estão disponíveis na publicação Práticas de Manejo de Pragas utilizadas na Soja e seu Impacto sobre a Cultura, disponível para download AQUI.

Circular Técnica 79 - Nível de Desfolha Tolerados na Cultura da Soja sem a Ocorrência de Prejuízos à Produtividade

No manejo adequado da soja, é crucial a adoção de estratégias de controle de insetos-praga dentro do contexto de Manejo Integrado de Pragas (MIP). Para o MIP alguns níveis de infestação podem ser tolerados pela planta sem redução de produtividade. O momento correto, do ponto de vista econômico, para que uma medida de controle seja iniciada é chamado de Nível de Ação (NA). Na soja, o NA sugerido considera a população de insetos- praga, por meio de avaliações de amostras do número de insetos presentes na lavoura com o auxílio de uma pano-de-batida. Para insetos desfolhadores, caso da lagarta, pode-se utilizar a desfolha da planta como referencial. Com relação ao número de insetos, o NA recomendado para iniciar o controle é de 20 lagartas grandes por metro de fileira de soja. Com relação à desfolha, o Nível de Ação recomendado é de 30% de desfolha no período vegetativo e de 15% no reprodutivo.

Os resultados de experimentos realizados no Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Goiás com relação a diferentes níveis de desfolha e em diferentes fases de desenvolvimento da planta podem ser consultados em publicação disponibilizada pela Embrapa. Uma análise bem detalhada está disponível na publicação Nível de Desfolha Tolerados na Cultura da Soja sem a Ocorrência de Prejuízos à Produtividade, que pode ser acessada AQUI.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink