Embrapa promove dois dias de campo no Maranhão

Agronegócio

Embrapa promove dois dias de campo no Maranhão

A Embrapa reunirá produtores, técnicos, extensionistas, professores, estudantes e pesquisadores em dois dias de campo em comunidades.
Por:
403 acessos

A Embrapa reunirá produtores, técnicos, extensionistas, professores, estudantes e pesquisadores em dois dias de campo nas comunidades de Vila Diamante (19/07) e Morada Nova (20/07), respectivamente, municípios maranhenses de Igarapé do Meio e Monção.

O objetivo é mostrar os benefícios da diversificação da produção e da rotação de culturas no ambiente de agricultura familiar e divulgar as cultivares de feijão caupi (BRS Gurguéia, BRS Novaera, BRS Guariba e BRS Tumucumaque) e as cultivares de arroz (BRSGO Serra Dourada, BRS Esmeralda, BRS Sertaneja, BRS Pepita e BRS MA 357), que são tecnologias adequadas à agricultura familiar, com altas produtividades e diversificação da produção, combinadas com rusticidade e ótima qualidade de grãos.

Esses dias de campo são ações articuladas entre Embrapa, Cooperativa Central de Reforma Agrária no Estado do Maranhão (CCA-MA), Cooperativa de Produção Agropecuária dos Produtores Rurais da Microrregião da Baixada Maranhense (Coopervid), MST, Prefeitura Municipal de Igarapé do Meio, Prefeitura Municipal de Monção, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar do Maranhão (SAF), Rede Brasil Arroz e Biofort. Trata-se da união de esforços para oferecer ao agricultor familiar alternativas sustentáveis de diversificação da sua produção, maximização dos resultados da lavoura e maior eficiência no uso da terra.

Os dias de campo irão abordar práticas simples de consórcio, rotação e sucessão de culturas, que visam ampliar a capacidade de produção por unidade de área e oferecer ao produtor familiar a oportunidade de ter a sua soberania alimentar garantida e um considerável excedente de produção para melhoria da renda e do bem estar.

Esses dois eventos são o oitavo e o nono dessa natureza realizados nesse ano no Maranhão e são ações que promovem o desenvolvimento regional, via desenvolvimento da agricultura familiar nas comunidades da baixada maranhense.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink