Embrapa sedia lançamento da campanha contra febre aftosa em MS

Agronegócio

Embrapa sedia lançamento da campanha contra febre aftosa em MS

Segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso do Sul
Por:
425 acessos

Foi lançada nesta terça-feira (1), na Embrapa Gado de Corte (Campo Grande, MS), a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso do Sul, promovida pela Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), através da Secretaria de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf).

O secretário da Sepaf, Fernando Lamas, destacou como positivo o índice de cobertura vacinal registrado em Mato Grosso do Sul nos últimos anos. "O ideal é que o produtor continue vacinando o rebanho e, graças a isso, estamos há dez anos sem foco de febre aftosa no estado. Isso é fundamental para nos mantermos no mercado competitivo da carne bovina".

O chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares, lembrou a importância de a Embrapa sediar e ser parceira, nos últimos dez anos, do lançamento da campanha de febre aftosa em MS, enfatizando que ciência e tecnologia são fundamentais para o desenvolvimento do agronegócio e a Empresa, como referência e Centro Nacional de Pesquisa em Gado de Corte, não poderia estar ausente neste momento. "Graças à ciência, temos evoluído na pecuária de corte no estado e no Brasil, e especialmente em MS que se destaca com um rebanho 70% superior à média nacional, em termos de qualidade de carne produzida", acrescentou.

Campanha

De acordo com informações da Iagro, nesta etapa da campanha, bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade do Planalto e da Zona de Fronteira devem ser vacinados. No Pantanal, a vacinação é obrigatória nos animais cujos proprietários optaram por vacinar em novembro. O registro da vacinação deve ser realizado diretamente pelo produtor, através do sistema Saniagro ou, em casos específicos e a critério da Iagro, nos escritórios locais. A meta estadual é que sejam vacinados 10 milhões de bovinos visando manter o status de área livre de febre aftosa com vacinação, conquistado há oito anos.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de 1º a 30 novembro, a maioria dos estados brasileiros vai realizar a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa. A expectativa é que sejam vacinados 150 milhões de animais até o final dessa fase. Nos estados do AC, AL, AM, CE, ES, MA, MT, PA, PB, PR, PE, PI, RN e SP, todo o rebanho bovino e bubalino (búfalos) deverá ser imunizado. Já na BA, GO, MS (exceto no Pantanal), MG, RJ, RS, SE e TO, além do Distrito Federal, a aplicação da dose de novembro é obrigatória apenas para os animais com até 24 meses de idade.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink