Empregos no agro têm queda
CI
Imagem: Marcel Oliveira
ECONOMIA

Empregos no agro têm queda

Levantamento divulgado pelo IBGE aponta que a taxa de desocupação no agronegócio é de 4,5%
Por: -Eliza Maliszewski

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na manhã desta terça-feira (30),os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), que apontam a taxa de desemprego no país.

A taxa de desocupação geral é de 12,9% no trimestre encerrado em maio de 2020, somando 12,7 milhões de pessoas desempregadas. O setor que mais registrou queda em empregos foi alojamento e alimentação (-22,1%), seguido de serviços domésticos (-18,7%) e construção (-16,4%). 

A agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura foi o setor que teve a menor queda, com retração de 4,5%, no trimestre. Quando comparado ao mesmo período do ano passado a queda é um pouco maior, de 6,8%. Quanto ao rendimento médio não houve variação.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink