Empresa norte-americana pretende investir em MT para produzir etanol

Agronegócio

Empresa norte-americana pretende investir em MT para produzir etanol

A empresa norte-americana quer investir em Mato Grosso para produzir etanol a partir do milho
Por:
1516 acessos

A empresa norte-americana quer investir em Mato Grosso para produzir etanol a partir do milho

O governador Pedro Taques e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomczyk, apresentaram o potencial de Mato Grosso na produção de etanol aos representantes da ICM Inc. A empresa norte-americana pretende atuar mais fortemente no Brasil e quer investir em Mato Grosso para produzir etanol a partir do milho.

No encontro com os norte-americanos, o governador lamentou que a política energética do Brasil nos últimos dez anos tenha sido voltada ao fortalecimento do petróleo, ante aos combustíveis menos poluentes. Dessa forma, a política de mudança da matriz energética para o etanol foi abandonada. Segundo Taques, a atual gestão do Estado busca o fortalecimento do setor, com medidas que possam beneficiar a produção do etanol em Mato Grosso.

Enquanto isso, os empresários disseram que pretendem, de fato, investir no estado e já na primeira planta pretendem produzir 200 milhões de litros de etanol. No encontro, o governador afirmou que o Estado está preparado e de portas abertas para esse tipo de investimento. Com isso, a empresa deve estudar o plano de investimento em Mato Grosso.

“Eles disseram que estão propostos a fazer um investimento bastante significativo em várias plantas de produção de etanol. Isso vai agregar valor à nossa produção, desenvolvimento regional no interior do estado e melhorar o nosso ambiente econômico”, disse o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico. A ICM Inc. é a maior empresa provedora de tecnologia para plantas de etanol dos Estados Unidos e do mundo. Para ter uma ideia, 80% do etanol produzido nos Estados Unidos são deles e, sozinha, produz cerca de 46% do álcool etanol produzido no mundo, que representa mais que toda a produção da América Latina inteira.

A intenção da ICM é investir em plantas de usinas de etanol no Brasil, especificamente em Mato Grosso, junto a conglomerados de produtores de grãos e empresários do segmento agro, para transformar o grão “in natura” em álcool, DDGS (ração animal) e óleo. O plano vem ao encontro dos anseios de Mato Grosso, no intuito de verticalizar a cadeia de alimentos, agregação de valor, bem como promover a industrialização. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink