Empresário paulista visita o Tocantins para investir no setor aquícola
CI
Agronegócio

Empresário paulista visita o Tocantins para investir no setor aquícola

O secretário executivo, Ruiter Padua, falou sobre a possibilidade de crescimento do setor com o projeto de criação de peixe em tanques redes nos lagos
Por:

Interessado em investir na área de criação e processamento de pescado, o empresário Tufy Lemos Filho, de São José do Rio Preto (SP), está visitando o Tocantins para conhecer a aquicultura no Estado. Na manhã desta quarta-feira, 08, o empresário se reuniu com o secretário executivo da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Ruiter Padua, e a subsecretária de Aquicultura e Pesca da pasta, Miyuki Hyashida, para buscar informações sobre o setor. O encontro ocorreu na sala de reunião da SIC – Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo.

Durante a reunião, Lemos disse que conheceu o projeto Tamborá e visitará outros em Brejinho de Nazaré. “Estamos aqui para adquirir informações sobre instalações físicas, técnicas, tecnológicas e o apoio do Governo para avaliar a possibilidade de investimento no Estado”, projetou.

O secretário executivo, Ruiter Padua, falou sobre a possibilidade de crescimento do setor com o projeto de criação de peixe em tanques redes nos lagos, formados pelas Usinas Hidrelétricas. A instalação do projeto está dependendo apenas da liberação ambiental do Governo Federal. “É um campo vasto a ser explorado e com a implantação dos tanques rede a produção vai dobrar no Estado”, assegurou.

O secretário executivo destacou a localização estratégica do Estado e a facilidade de acesso com a construção da Ferrovia Norte – Sul e da Hidrovia Araguaia-Tocantins, considerando a previsão das construções das eclusas. Ao tratar sobre a questão do georeferenciamento, Padua falou que após a celebração de convênio entre o Governo do Estado e o Incra - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, onde 20 servidores foram disponibilizados para aquele órgão, agora o processo está mais rápido. Apesar disso, existem 1.600 processos parados por falta de documentação.

O assessor especial da SIC, Iapurê Olsen, que também participou da reunião, detalhou os programas de incentivos fiscais do Governo do Estado e entregou um folder com o resumo sobre cada programa, enfatizando que a intenção é atrair novos investidores para o Tocantins.

Capacitação

A subsecretária Miyuki Hyashida afirmou que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, possui um sistema de formação de mão de obra para o setor. O sistema está sendo desenvolvimento e implantado por regiões. Em Natividade, o pólo está voltado para a capacitação do setor aquícola com a estrutura de uma minifábrica de ração. Em Guaraí, o sistema de treinamento será direcionado para a pecuária de leite e em Pedro Afonso para a cana-de-açúcar. “Essa parte de capacitação está completa, o Estado foi mapeado e está trabalhando com o sistema de treinamento continuado de forma integrada com as outras Secretarias”, afirmou.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.