Empréstimo às elétricas será suficiente, dizem distribuidoras

Agronegócio

Empréstimo às elétricas será suficiente, dizem distribuidoras

Serão liberados R$ 1,8 bilhão
Por:
36 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O presidente da Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee) , Nelson Leite, afirmou no dia 11 de agosto, que a segunda rodada do empréstimo ao setor elétrico costurado pelo governo junto a bancos públicos e privados será suficiente. “Vão ser suficientes para cobrir as despesas com geração de usinas termelétricas e exposição involuntária das distribuidoras até o fim do ano”, disse.

Segundo Leite, o dinheiro já está disponível para as distribuidoras, antes da previsão inicial, que era sexta-feira, 15 de agosto. Nessa parcela, será liberado R$ 1,8 bilhão, para pagar custos das distribuidoras referentes ao mês de maio. A segunda etapa do empréstimo, cujo valor total é de R$ 6,6 bilhões, foi anunciada pelo Ministério da Fazenda e aprovada na assembleia da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) na última semana. O contrato do empréstimo deve ser assinado hoje, afirmou Leite.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink