Endividamento agrícola já vem de outras safras

Agronegócio

Endividamento agrícola já vem de outras safras

Colunista do Agrolink afirma que o endividamento do campo surgiu em 1994
Por: -Giuliano
79 acessos
O engenheiro agrônomo e colunista do portal Agrolink, Francisco Graziano Neto, afirma que algo de errado acomete as finanças da agropecuária brasileira, pois de acordo com ele quanto mais o campo se desenvolve, mais os produtores se penduram na carteira do banco. O endividamento do campo surgiu em 1994, com a estabilização da economia. Antes de o plano real entrar em vigor, ninguém sabia, na verdade, quanto devia. Os produtores resolviam através do conhecido “mata-mata”, empurrando cada vez mais o buraco para frente. Com o surgimento da nova moeda, criou-se um fosso entre a receita e o custo da produção. O rombo acabou descoberto. Durante aquele período perturbador milhares de agricultores fugiram dos bancos. Assim promoveram, em 1955, o primeiro tratoraço em Brasília. “De lá para cá, nunca mais a situação se normalizou. O xis da questão do endividamento rural está na instabilidade da renda. No momento dos bons ganhos, os empréstimos ultrapassam, num piscar de olhos, a própria capacidade de pagamento”, destaca Graziano. Para ler na íntegra a coluna de Francisco Graziano,
clique aqui.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink