Endividamento prejudica preparo da safra em Goiás

Agronegócio

Endividamento prejudica preparo da safra em Goiás

A Faeg tem recebido informações de produtores que tentaram acessar financiamentos, por meio de bancos oficiais, sem sucesso
Por:
61 acessos

A Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) tem recebido informações de produtores rurais que tentaram acessar financiamentos para o plantio da safra 2007/08 de soja e milho, por meio de bancos oficiais, sem sucesso. Segundo os casos levantados, os bancos exigem que o produtor faça a adesão ao seguro agrícola para que o financiamento seja liberado.

O presidente da Faeg, Macel Felix Caixeta, disse, em entrevista coletiva na última quinta-feira (06-09), que a adesão ao seguro agrícola não é obrigatória e não pode ser imposta como condição para se acessar os recursos oficiais. Esta imposição pode causar um novo problema, já que os recursos destinados ao seguro agrícola para a safra 2007/2008 de soja e milho não ultrapassam os R$ 100 milhões – quantia capaz de segurar apenas 7,5% da área plantada dessas culturas no País.

A Gerência Técnica da Faeg estima que para que haja a cobertura total das lavouras de soja e milho brasileiras, seriam necessários recursos na ordem de R$ 1,4 bilhão, aproximadamente. No Brasil a soja ocupa 20,6 milhões de hectares e o milho 8,5 milhões de hectares.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink