Entenda mais sobre a neve e suas variações
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,23 (-0,18%)

Imagem: Pixabay

AGROTEMPO

Entenda mais sobre a neve e suas variações

Todo evento associado a frio intenso é muito prejudicial para a agricultura
Por: -Aline Merladete
582 acessos

Nos últimos dias a confirmação dos meteorologistas sobre a previsão de neve no sul do brasil vem movimentando as notícias sobre o tempo e clima. De fato existe sim a possibilidade de ocorrência de neve, entre quinta (20) e sexta feira (21). Com maiores chances para regiões pontuais, como as regiões da serra catarinense e da serra gaúcha, onde o fenômeno é relativamente comum no inverno.

Porém devido às características da massa de ar frio que se aproxima e da umidade disponível na atmosfera, está previsto também a formação de precipitações “invernais”. Esse tipo de precipitação são variações do que pode acontecer com a neve.

Neve - Flocos de gelo precipitam do céu e podem se acumular na forma de gelo na superfície.  
Chuva congelada (Sleet) - a neve derrete quando passa por uma camada mais “quente” - acima de 0°C - volta a congelar ao passar sobre a camada fria, e precipita com uma aparência de pequenas bolinhas de gelo.
Chuva congelante - a neve derrete, cai na forma líquida, mas volta a congelar em contato com a superfície fria.
Chuva - a neve derrete e a precipitação ocorre na forma de gotículas de chuva.

Esses fenômenos de precipitação invernal vão atingir uma área maior em relação à área onde pode ocorrer a neve. Dessas regiões podemos destacar as mesorregiões de: Soledade (RS), Não-Me-Toque (RS), Passo Fundo (RS), Sananduva (RS), Erechim (RS),  Concórdia (SC), Joaçaba (SC), Xanxerê (SC), Canoinhas (SC), Rio do Sul (SC), Pato Branco (PR), Palmas (PR) e União da Vitória (PR).

O último grande evento de neve ocorreu em entre os dias 22 e 25 de julho de 2013, onde houve registro de neve em municípios do Rio Grande do Sul (10 cidades), Santa Catarina (113 cidades), Paraná (14 cidades), São Paulo (6 cidades) e Mato Grosso do Sul (1 cidade). 

Todo evento associado a frio intenso é muito prejudicial para a agricultura. A exemplo disso no mesmo período da neve de 2013, houve uma forte geada no município de Angelina (SC), resultando na destruição de várias plantações da hortifruti-cultura, afetando 80% da economia da cidade de 5.7 mil habitantes.

Outro evento histórico de grande impacto na economia agrícola, foi a onda de frio em julho de 1975. Sendo esta tão intenso, que provocou o que é conhecido como “friagem” derrubando as temperaturas para 6°C em Rio Branco (AC), 7.4°C em Porto Velho (RO) e 17.8°C em Manaus (AM) - sendo estas as menores já registradas nessas capitais. Além de registro de neve nos estados do sul e sudeste. E uma forte geada negra que destruiu plantações de café no estado do Paraná.

*Material exclusivo e elaborado pela equipe Agrotempo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink