Entidades contempladas pelo Agrosolidário são visitadas pelo presidente da Aprosoja

Evento

Entidades contempladas pelo Agrosolidário são visitadas pelo presidente da Aprosoja

São cerca de 500 associados que moram nos mais diversos municípios de Mato Grosso
Por:
20 acessos

Gratidão é a palavra que resume o encontro entre a Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) e a Associação Mato-grossense dos Cegos (AMC), que aconteceu nesta terça-feira (12.03). A visita contou com a presença do presidente da Aprosoja, Antônio Galvan, que conheceu um pouco dos trabalhos desenvolvidos pela instituição, assistida desde o ano passado pelo programa Agrosolidário, criado e coordenação pela entidade.

Palavras emocionadas de gratidão, alegria e esperança foram lançadas pelos assistidos presentes no encontro. Conforme a presidente da Associação dos Cegos, Keli Cristina Ramos de Oliveira, a inserção da instituição no Agrosolidário garantiu a continuidade da assistência para os cerca de 500 associados que moram nos mais diversos municípios de Mato Grosso. 

Keli, que é cega total dos dois olhos, assumiu a presidência da casa de apoio no final de 2017 e recebeu a instituição com diversos problemas financeiros. Ela explica que o início das contribuições garantiu o não fechamento das portas da Associação. 

Em Cuiabá e Várzea Grande são assistidos mais de 300 deficiente visuais, que  realizam atividades recreativas, esportes, educação física e aulas de informática.

“Somos imensamente gratos. A contribuição foi primordial, pois estávamos para fechar as portas da Associação. Nos ajuda muito, não tínhamos uma renda fixa pra custeio e manutenção e agora podemos contar. Realizar e atender melhor os associados. O uso é feito conforme as necessidades, desde gasolina para mobilidade, manutenção e reforma do prédio, alimento, materiais de uso diário e pagamento de dívidas. Nossas demandas não terminaram e essa ajuda de custo encaminhada pela Aprosoja é bastante importante”, disse Keli.

Durante a visita, o presidente da Aprosoja, acompanhado pela gerente administrativo e financeiro, Gisele Lima, e pela analista de relacionamento, Karen Mathias, conheceu a estrutura da sede, os trabalhos desenvolvidos por voluntários e colaboradores, e participou de atividades com os cegos. 

Galvan acredita que a visita foi importante para Aprosoja, pois pode perceber o tamanho da importância da ação realizada por meio do Agrosolidário.

“Com todos os depoimentos que ouvimos ficou perceptível a importância dessa contribuição que a Aprosoja realiza todos os meses. Foi válida a ida lá, representando nossos mais de 5.500 associados. Eles estão de parabéns pela administração do local e pelo sucesso que está sendo. Vamos continuar mantendo esse trabalho importante”, afirmou o presidente da Aprosoja. 

A visita à Associação Mato-grossense dos Cegos faz parte de uma série de encontros com instituições que continuarão ou começarão a ser atendidas pelo programa Agrosolidário. Ainda na terça-feira, tambem foi visitada a sede do Instituto dos Cegos, em Cuiabá, Lar Recanto Feliz e Abrigo Sombra da Acácia, em Jaciara.

Agrosolidário - Desde 2009, o projeto atua em parceria com creches, asilos, hospitais, entidades filantrópicas, APAE, como Hospital de Câncer e Projeto Flauta Mágica. Atualmente são 74 instituições beneficiadas que estão distribuídas em mais de 30 cidades mato-grossenses.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink