Entidades do setor produtivo avaliam o novo Código Florestal
CI
Agronegócio

Entidades do setor produtivo avaliam o novo Código Florestal

Presidente Dilma vetou nove itens no texto da Medida Provisória que tinha sido aprovada no Congresso
Por:
Presidente Dilma vetou nove itens no texto da Medida Provisória que tinha sido aprovada no Congresso

?
A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) em conjunto com a Aprosoja avaliam que apesar de não ser o ideal, o novo Código Florestal Brasileiro é exequíel e define regras claras para os produtores rurais continuarem produzindo com qualidade e sustentabilidade, aliando produção e preservação ambiental. Publicado no Diário Oficial da União nesta quinta (18.10), o novo Código não é o mesmo aprovado pelo Congresso Nacional em setembro, sendo que a presidente Dilma Rousseff vetou nove itens.


Por ser um estado com predominante ativo ambiental, com 62% de áreas mantidas intocadas mesmo com os atuais índices de produção, os nove vetos da presidente à Medida Provisória do Código Florestal não provocarão grandes impactos em Mato Grosso.

Porém, alguns dispositivos, como o que limita a recomposição das Áreas de Preservação Ambiental (APP’s) através do reflorestamento com espécies florestais nativas e exóticas e proíbe o plantio de árvores frutíferas, prejudica especialmente os pequenos produtores que poderiam utilizar estas áreas como uma fonte extra de renda.


Além disso, a definição de que propriedades de 4 até 10 módulos fiscais terão que recompor 20 metros, e não 15 metros como havia sido aprovado no Congresso, nas margens dos rios de até 10 metros atinge cerca de 90% das propriedades rurais de Mato Grosso.


O próximo passo é a adequação do Programa Mato-grossense de Regularização Ambiental Rural (MT Legal) à Lei Federal. As entidades esperam que este processo seja feito o quanto antes e em consonância com a Lei Federal. É importante que haja condições mínimas no aparato governamental para que os produtores rurais possam se regularizar perante o órgão ambiental estadual.


As legislações vigentes referentes ao novo Código Florestal são as seguintes:
• Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012
• Lei nº 12.727, de 17 de outubro de 2012
• Decreto nº 7.830, de 17 de outubro de 2012.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink