Escassez de chuva reduz peso do grão de uva
CI
Agronegócio

Escassez de chuva reduz peso do grão de uva

Expectativa para a safra do vinho é excelente, pois a falta de chuva faz com que a uva se torne mais doce
Por:
Expectativa para a safra do vinho é excelente, pois a falta de chuva faz com que a uva se torne mais doce
 
Após a quebra da safra do milho, quem começa a sofrer com a estiagem é a uva. De acordo com o engenheiro agrônomo do escritório da Emater Regional de Passo Fundo, Ivan Guarienti, a expectativa de produção já foi reduzida em 20%, uma vez que quanto mais escassas as chuvas, menor é o volume de água na fruta, fazendo com que ela perca em peso. “Na região que abrange 71 municípios existem 1.140 produtores de uva e 1.152 hectares plantados de uva para vinho. A previsão era de obter uma produtividade de 13.375 toneladas do produto, porém, o clima seco influenciará na queda desta expectativa”, afirma ele. Já as uvas de mesa são produzidas em 122 hectares e a produção estimada estava em torno de 1.600 toneladas.

Na propriedade de Jair Grando, no distrito de Barreirinho, na Linha Coxo, em Sarandi, já é possível observar uma redução de 35% de queda no peso da uva. A produção de uva é a maior fonte de renda da família, que cultiva a fruta há 18 anos em 2,5 hectares. Metade da produção é para uva de mesa, que é vendida para Erechim, Curitiba, São Paulo e Passo Fundo.

“Expectativa de produção já foi reduzida em 20%, uma vez que quanto mais escassas as chuvas, menor é o volume de água na fruta, fazendo com que ela perca em peso”

Guarineti alerta que o quadro de perdas ainda pode ser alterado, pois a colheita se intensificará nos próximos 15 dias. Grando revela que na sua propriedade o milho já foi perdido em 90% e se até o fim da safra da uva as chuvas não se regularizarem, as perdas com o grão podem chegar a 50%. “Começamos a colher agora e a cada dia a uva pesa menos”, lamenta o agricultor.

Falta de chuva deixa a uva mais doce

Contudo, Guarienti destaca que a pouca quantidade de água faz com que o teor de açúcar do grão aumente consideravelmente, e consequentemente melhora a qualidade do vinho. “Nós teremos uma safra de vinho excepcional este ano, de altíssima qualidade. Então, o que se perde em termos de produção se ganhará em termos de qualidade e, consequentemente, a comercialização será mais fácil, pois esta safra será bastante apreciada”, informa ele. Grando observa que sua uva está mais doce do que nos anos anteriores, porém, ele lembra que não tem como reajustar o preço do produto só porque a produção foi menor.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.