Estabilidade segue marcando milho paraguaio
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO INTERNACIONAL

Estabilidade segue marcando milho paraguaio

As cotações sobem em Chicago, mas os prêmios recuam forte na Argentina
Por: -Leonardo Gottems

O milho paraguaio tem preços estáveis, mas quedas em Chicago e chuvas podem inverter tendência, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Os preços da safra de milho paraguaia 2021 e 2022 permanecem estáveis em relação aos do dia anterior”, comenta.

“O plantio de milho no Paraguai continua avançando e entre 970 mil e 1 milhão de hectares serão ocupados com cereais na próxima semana. Como há chuvas previstas para o final da semana de 18 a 20 de março é possível que haja uma produção dentro dos padrões normais”, completa a consultoria.

As cotações sobem em Chicago, mas os prêmios recuam forte na Argentina. “As cotações do milho argentino para exportação recuaram mesmo com a alta em Chicago porque os prêmios de exportação recuaram forte no mercado físico do UpRiver, nesta quinta-feira. Para safra nova, Abril recuaram US$ 1/t para US$ 334, que corresponderia a aproximadamente US$ 385 CIF portos brasileiros do sul ou R$ 116,17 nos portos, mais frete até o interior; Maio também recuou US$ 2/t para US$ 333/t; Junho subiu US$ 4/t para US$ 318 e Julho também subiu US$ 4/t para US$ 318/t”, indica.

“Já os embarques Panamax aumentaram US$ 7/t para US$ 358 para abril e US$ 5/t para maio para US$ 356; US 5/t para US$ 334 para junho e US$ 4/t para US$ 314 para julho, segundo relatórios que recebemos de corretores de Buenos Aires. A quinta-feira apresentou alta para o boi, bezerro e suínos, e frango. O boi gordo teve alta de 1,79% para R$ 349,45/@, sendo que o acumulado positivo do mês está em 1,87%. O bezerro fechou em alta de 0,87% para R$ 2.810,23, na variação do mês de -2,59%. O frango fechou em alta de 0,14% a R$ 7,22/kg, deixando o acumulado positivo do mês para 13,70%. E o suíno fechou em estabilidade de 0,00% a R$ 5,32, deixando o acumulado negativo do mês para 1,48%”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.