Estados do Matopiba vão criar banco de dados
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,174 (1,21%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,46%)

Imagem: Nadia Borges

DESENVOLVIMENTO

Estados do Matopiba vão criar banco de dados

Ideia é cruzar informações e mapear a produção
Por: -Eliza Maliszewski
1527 acessos

Os secretários da Agricultura dos estados do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) definiram que vão criar um banco de dados para cruzamento de informações e mapeamento das propriedades de produção agropecuária na região. 

A ideia é que a região trabalhe em conjunto para desenvolver ainda mais a atividade. No Tocantins, por exemplo, já está em andamento o projeto da cadeia produtiva sustentável da carne. Baseado nisso o grupo vai trabalha em estimular a produção, alinhados com as exigências do mercado para ser mais competitivos.

“É importante que unamos esforços para criarmos um banco de dados e alinharmos às informações da produção agrícola e, assim, podermos trabalhar de forma conjunta nesta região promissora”, disse o presidente do Matopiba, secretário estadual de Agricultura da Bahia, Lucas Costa. 

Em grãos, somados os quatro estados, a produção na safra 19/20 foi de mais de 8 milhões de toneladas de milho, cerca de 15 milhões de toneladas de soja, perto de um milhão de toneladas de caroço de algodão e quase 700 mil toneladas de pluma. 
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink