Estiagem na Rússia e Europa e mercado financeiro favorecem commodities
CI
Agronegócio

Estiagem na Rússia e Europa e mercado financeiro favorecem commodities

O mercado continua firme devido a possível estiagem no meio oeste dos EUA
Por:

Dados favoráveis vindo do oriente e do ocidente trazem mais calma para o mercado finaceiro mundial. Nesta quinta-feira (15) o governo chinês divulgou o PIB do segundo semestre, 10,3%. Apesar de se um valor bastante alto, o dado ficou ligeiramente abaixo da previsão de analistas de 10,5%. No ocidente, o 2º maior banco do EUA, o JPMorgan divulgou seus lucros do 2º semestre, os quais ficaram acima do esperado. Mesmo com estes dados otimistas, as bolsas de valores de todo mundo operam em queda, buscando realização de lucro frente o rally dos últimos dias.

Refletindo o bom andamento das principais economias mundiais, o valor do dólar registra queda neste momento em comparação ao outras moedas, o indice que mede esta variação, o dólar index, registra queda de 0,88%. Do outro lado da balança, do petróleo inverteu agora pouco sua alta e opera neste momento com queda em Nova York e Londres. O WTI para agosto, negociado em Nova York, recua 0,48 pontos, sendo cotado a US$ 76,56 o barril. Já em Londres, o Brent para setembro recua 0,55%, a US$ 76,24 o barril.

As commodities agrícolas por sua vez continuam registrando forte alta em Chicago (Chicago Board of Trade - CBOT). O mercado de clima continua mais firme do que nunca devido principalmente a possível estiagem no meio oeste dos EUA tem pressionado os investidores a buscarem posição de compra nos vencimentos dos principais produtos derivativos negociados em Chicago. Além disso, a seca na Europa e na Rússia tem provocado redução na produção de trigo deste países, com isso a produção americana deve ganhar espaço, sendo assim, o mercado do trigo tem passado por forte ganhos em suas possições. A abertura indica ganhos de até 12 pontos para soja, de até15 pontos para o trigo e de até 4 pontos para o milho.

Em Nova York, a bolsa ICE de Nova York registra ganhos de 0,068% no vencimento de dezembro de 2010. O mercado busca recuperação frente às perdas dos últimos dias. A fraqueza do dólar é o fundamento de alta neste mercado.


Abertura de mercado é produzida diariamente pela Gerência de Estudos Técnicos e Econômicos da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg).

Gerente de Estudos Técnicos e Econômicos: Edson Alves Novaes
Autor do artigo e responsável técnico: Leonardo Machado


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.