Estudantes dão visibilidade à pesquisa em evento científico
CI
Evento

Estudantes dão visibilidade à pesquisa em evento científico

Foram 28 trabalhos apresentados por vinte graduandos e sete pós-graduandos
Por:

Semana passada, nos dias 26 e 27 de setembro, aconteceu em Bento Gonçalves o 16º Encontro de Iniciação Científica e o 12º Encontro de Pós-Graduandos da Embrapa Uva e Vinho. Foram 28 trabalhos apresentados por vinte graduandos e sete pós-graduandos.

A abertura do primeiro dia foi feita pelo engenheiro agrônomo Henrique Marques-Souza, professor e pesquisador do Departamento de Bioquímica e Biologia Tecidual da UNICAMP, com a palestra "O poder do silêncio: a tecnologia de RNA de interferência chega à agricultura". Conforme ele, o silenciamento gênico é uma ferramenta que interage com a programação natural, sendo possível induzir qualquer célula a acreditar que um determinado gene que ela mesma está produzindo é um vírus, o qual será degradado.  Essa tecnologia é uma molécula biológica - sequência de DNA que é específica para cada espécie, logo, além de não ter toxicidade, não afeta outros organismos nem inimigos naturais.

O palestrante do segundo dia foi o pesquisador e Chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Uva e Vinho, Marcos Botton, que falou sobre os desafios na carreira de um pesquisador. "Uma palavra que resume o trabalho do pesquisador é “resiliência”, que nada mais é do que a capacidade de suportar pressão e superar as frustrações do trabalho, desde o início da carreira científica”. Em outras palavras, você trabalha uma hipótese que, ao final, é rejeitada, longe do resultado esperado. Por isso, ser um profissional resiliente é fundamental para ser um cientista de sucesso. Para a pesquisadora Rosemary Hoff, coordenadora Evento, os trabalhos mostraram um excelente conteúdo, refletindo o envolvimento dos estudantes e orientadores com os projetos da Embrapa, bem como a parceria da Embrapa Uva e Vinho com outras Instituições de ensino e pesquisa.

O pesquisador e Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Uva e Vinho, Adeliano Cargnin, considerou o evento um momento propício para a equipe de pesquisa conhecer o trabalho dos colegas e ver o que está sendo desenvolvido na Unidade, além de oferecer espaço aos pesquisadores divulgarem o trabalho desenvolvido pelos estudantes.

Para 2019, a Embrapa Uva e Vinho está prevendo realizar o evento em parceria com mais Instituições de ensino e pesquisa, tanto em Bento Gonçalves como em Vacaria. Clique aqui para saber quais foram os melhores trabalhos apresentados. A premiação vai ser dada nesta sexta-feira, dia 05/10, às 15h no Centro Técnico da Embrapa Uva e Vinho em Bento Gonçalves.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink