EUA: Futuros de milho e trigo ampliam ganhos
CI
Imagem: Divulgação
MERCADO

EUA: Futuros de milho e trigo ampliam ganhos

A produção de etanol caiu semana a semana e os estoques caíram
Por: -Leonardo Gottems

Os futuros de trigo e milho ampliaram os ganhos nas negociações durante a noite. À medida que a guerra na Ucrânia se aproxima de dois meses, as preocupações com a oferta global apertada e as perspectivas de produção elevaram os preços dos grãos.

O contrato de trigo mais ativo na Chicago Board of Trade (CBOT) subiu 0,6%, a US$ 11,28 por bushel. O milho CBOT subiu 0,29%, para US$ 7,8 ¼ por bushel. No entanto, o clima seco no cinturão de trigo das Planícies ameaça o tamanho e a qualidade da safra.

Embora haja sinais de desaceleração da demanda da China, a soja ainda subiu 0,7%, para US$ 16,87¾ por bushel. Maior importador de soja do mundo, a China trouxe 6,35 milhões de toneladas da oleaginosa em março, uma queda de 18% desde o início do ano.  

À medida que a guerra continua, os compradores de grãos continuam procurando origens alternativas, enquanto países como a Índia trabalham para atender à crescente demanda global. As negociações para encerrar uma greve entre os caminhoneiros de grãos na Argentina fracassaram, aumentando a ameaça às exportações de milho e soja durante a principal safra do país.

A produção de etanol caiu semana a semana e os estoques caíram, de acordo com a Energy Information Administration (EIA). A produção do biocombustível caiu para uma média de 995.000 barris por dia na semana que terminou em 8 de abril, informou a EIA em um relatório. Isso está abaixo de 1,003 milhão de barris, em média, na semana anterior.

No Centro-Oeste, de longe a maior área produtora, a produção caiu para uma média de 935.000 barris por dia, abaixo dos 946.000 barris da semana anterior, disse a EIA. A produção da Costa do Golfo subiu para 24.000 barris por dia, em média, de 23.000 barris na semana anterior, e a produção da Costa Oeste subiu para uma média de 9.000 barris por dia de 7.000 barris.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.