EUA: grãos fecham negociação para baixo
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

EUA: grãos fecham negociação para baixo

Na Argentina, a precipitação favoreceu Santa Fe, sul de Entre Rios e Buenos Aires
Por: -Leonardo Gottems

Os futuros de soja e grãos caíram durante a noite devido ao clima favorável em partes da América do Sul e à demanda fraca por suprimentos dos EUA. No Brasil, maior exportador mundial de soja, as chuvas desta semana favoreceram partes do Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, disse Donald Keeney, meteorologista agrícola da Maxar.

As chuvas devem favorecer vários estados em crescimento, incluindo Goiás, Minas, São Paulo e Santa Catarina, disse ele em nota aos clientes. “A seca está estressando o milho safrinha nas áreas centro-leste, mas são esperadas melhorias na próxima semana”, disse Keeney.

Na Argentina, a precipitação favoreceu Santa Fe, sul de Entre Rios e Buenos Aires, disse o meteorologista, embora se espere que esteja seco durante o fim de semana. Na frente da demanda, as vendas de milho e soja caíram acentuadamente semana a semana, disse o Departamento de Agricultura dos EUA em um relatório ontem. Os preços, no entanto, estão sendo sustentados pelos contínuos ataques da Rússia à Ucrânia.

A guerra na Ucrânia já dura um mês sem fim à vista. Os países trocaram prisioneiros pela primeira vez desde que a Rússia atacou a Ucrânia, com os lados trocando 10 prisioneiros cada, disse a vice-primeira-ministra da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, em um post no Facebook. Em uma troca separada, quase uma dúzia de marinheiros civis russos foram trocados por 19 marinheiros civis ucranianos, segundo relatos da mídia.

Os futuros de soja para entrega caíram 8 centavos para US$ 16,92 ¾ por bushel durante a noite na Bolsa de Chicago. O farelo de soja subiu US$ 1, para US$ 486,90 a tonelada curta, e os futuros de óleo de soja perderam 0,38 centavos para 73,91 centavos por libra-peso. O trigo para entrega em maio caiu 7 centavos para US$ 10,78½ por bushel, enquanto os futuros de Kansas City caíram 6,5 centavos para US$ 10,88½ por bushel. Os futuros de milho para entrega em maio caíram 1¾¢, para US$ 7,46½ por bushel.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.