EUA: principais importadores de carne de frango no primeiro trimestre de 2016

Agronegócio

EUA: principais importadores de carne de frango no primeiro trimestre de 2016

Países entraram para o time dos “10 mais”, o recuo no trimestre inicial de 2016 ficou limitado a 1%.
Por:
328 acessos

Se permanecesse na dependência dos mesmos países que, no primeiro trimestre de 2015, se posicionaram como os 10 principais importadores da carne de frango norte-americana, as exportações dos EUA para esse bloco teriam recuado mais de 11%. Mas como outros países entraram para o time dos “10 mais”, o recuo no trimestre inicial de 2016 ficou limitado a 1%.

Não exatamente pelo volume, quem mais chama a atenção entre os novos integrantes do grupo é o Chile, que saltou da 16ª para a 9ª posição e cujas importações no trimestre aumentaram mais de 75%. Também significativo (+31%) foi o aumento do Iraque, que (já no grupo dos principais importadores), ascendeu da 10ª para a 8ª posição.

Tais aumentos, de toda forma, não impediram que o resultado do trimestre fosse negativo, situação decorrente da queda de volume por parte de metade dos dez principais importadores. México (-2%), Taiwan (quase 24% a menos), Hong Kong (-13%), Cuba (-6,77%) e Angola (cerca de 10% de redução) foram os países que atuaram para o resultado negativo.

Feitas as contas, a redução enfrentada em relação a esses cinco países foi de pouco mais de 26 mil toneladas, 8% a menos que em 2015. Mas o possível benefício que o Brasil teria nesse processo ficou limitado a um adicional de 10 mil toneladas, já que apenas dois deles (México e Angola) aumentaram a importação de carne de frango brasileira. Ou seja: Cuba e Hong Kong também reduziram as compras no Brasil, enquanto Taiwan (Formosa) nada importou, visto que suas fronteiras permanecem fechadas ao frango brasileiro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink