EUA aprova consumo de carne suína OGM
CI
Imagem: Embrapa - BIESUS, Luiza Letícia
INOVAÇÃO

EUA aprova consumo de carne suína OGM

Essa é a primeira aprovação de um produto de biotecnologia animal para alimentos
Por: -Leonardo Gottems

A Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos aprovou a primeira carne de porco geneticamente modificada (OGM) para consumo humano. Porcos, desenvolvidos pela empresa médica Revivicor, poderiam ser usados na produção de medicamentos, para fornecer órgãos e tecidos para transplante e para produzir carne segura. 

"A primeira aprovação de um produto de biotecnologia animal para alimentos e como uma fonte potencial para uso biomédico representa um marco para a inovação científica", disse o comissário da FDA Stephen M. Hahn em um comunicado à imprensa. 

Os porcos são chamados de porcos GalSafe porque carecem de uma molécula chamada açúcar alfa-gal, que pode desencadear reações alérgicas. O açúcar alfa-gal é encontrado em muitos mamíferos, mas geralmente não em humanos. A síndrome alfa-gal (AGS), que causa alergia severa à carne, pode ocorrer após uma picada de carrapato. Embora ainda não tenha sido testado especificamente para pessoas com AGS, o FDA determinou que os produtos de carne suína GalSafe são seguros para a população em geral. 

Além de seu potencial para um consumo mais seguro, existem vários usos médicos potenciais para porcos GalSafe. Eles poderiam ser usados para fazer medicamentos como a heparina, um anticoagulante comum derivado de tecido animal, mais seguros para pessoas com AGS. Porcos GalSafe também podem ser úteis em transplantes de órgãos, já que o açúcar alfa-gal pode ser uma causa de rejeição de órgãos. Os porcos ainda não foram avaliados quanto ao potencial de transplante, portanto, mais pesquisas são necessárias para chegar nessa conclusão. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink