Evento aponta agricultura prioritária para desenvolvimento do Mercosul

Agronegócio

Evento aponta agricultura prioritária para desenvolvimento do Mercosul

XV REAF destacou a importância da agricultura familiar no combate à inflação e na erradicação da pobreza
Por:
1378 acessos
Durante a realização da XV Reunião Especializada em Agricultura Familiar (REAF) o governo Brasileiro, destacou a importância da agricultura familiar para o desenvolvimento dos países do Mercosul, no combate à inflação e na erradicação da pobreza. A intervenção foi feita pelo secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Laudemir Müller, nesta quinta-feira (2), em Assunção, no Paraguai, reunião voltada para discutir as questões da agricultores familiares no Mercado Comum Sul Americano, o Mercosul.


Na reunião, Laudemir Müller, afirmou que, a partir da REAF, a agricultura familiar passou a ser reconhecida no Mercosul como um setor prioritário na criação de projetos nacionais de desenvolvimento. “A REAF não é um ambiente apenas de discussão sobre o desenvolvimento rural, ela é vista num contexto mais amplo, que visa o desenvolvimento nacional de todos os países envolvidos nessa iniciativa”. No evento, foi citada como exemplo a ação do governo paraguaio que criou o Programa de Combate à Pobreza e o Programa de Produção de Alimentos (PPA), para promover o crescimento estável do país.

“No Brasil, o governo tem duas prioridades. Uma delas é erradicar a pobreza através de ações que serão desenvolvidas pelo Programa Brasil Sem Miséria, em que a agricultura familiar ocupa um papel central. A outra é a produção da agricultura familiar, que estabiliza os preços dos alimentos”, ressaltou Laudemir.


Nesta edição da REAF foram debatidos, entre outros temas, os programas de seguro agrícola brasileiros, ainda não aplicados nos países do Mercosul e Chile. Na oportunidade, foi criado um espaço para discussão técnica entre os países do Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile para que o Brasil possa auxiliá-los na implementação das suas políticas nacionais para o segmento. O tema da educação no campo também foi discutido.

Estiveram presentes no encontro o ministro de Agricultura do Paraguai, Ministro de Agricultura e Gado do Paraguai, Enzo Cardoso, Subsecretário de Agricultura Familiar da Argentina, Guillermo Martini, Subsecretário de Gado, Agricultura e Pesca do Uruguai, Daniel Garín, coordenador Nacional do Chile junto à REAF, Eduardo Portilla, o gerente de operações para a América Latina e Caribe - FIDA, Paulo Silveri, e Angel Gimenez, da Organização Nacional Camponesa do Paraguai (ONAC). Do Brasil, estiveram presentes representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).


A REAF
Criada em 2004, a REAF é um espaço de diálogo entre governos e organizações sociais representativas da agricultura familiar dos países membros do Mercosul para a construção conjunta de políticas públicas para a agricultura familiar e a facilitação do comércio de seus produtos na região.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink