Evento da ABBA destaca controle superior de mosca-branca e mosca- minadora

Agronegócio

Evento da ABBA destaca controle superior de mosca-branca e mosca- minadora

Segundo a DuPont, Programa Verimark® e Benevia® registra alta performance no controle de insetos mastigadores e sugadores
Por:
635 acessos

 A Associação Brasileira da Batata – ABBA – promove nos dias 26 e 27 de outubro, em Campinas, no interior do Estado de São Paulo, a 6ª edição do Seminário Nacional da Batata. O evento terá como objetivo central debater propostas e estratégias para elevar a qualidade da produção nacional de batata. Presente entre os patrocinadores do encontro, a DuPont do Brasil destacará seu Programa de Tratamento Verimark® e Benevia®.
 
De acordo com a DuPont, o controle eficaz da mosca-branca (Bemisia tabaci) e da mosca-minadora (Liriomyza huidobrensis) pelo Programa Verimark® e Benevia® pode resultar em ganho médio de produção de mais 37 sacas de batata por hectare. Esse desempenho, informa a empresa, foi apurado em parte representativa de 60 campos demonstrativos realizados entre 2011 e 2015, na fase anterior ao lançamento do Programa Verimark® e Benevia®.
 
Na batata, acrescenta a empresa, os testes envolvendo o novo conceito resultaram ainda na obtenção de plantas vigorosas, no melhor estabelecimento da cultura e na qualidade superior da colheita.
 
De acordo com o gerente de marketing HF da DuPont, Luis Grandeza, Benevia® e Verimark® são inseticidas desenvolvidos a partir do ingrediente ativo Ciantraniliprole. Os produtos, diz o engenheiro agrônomo, agem nos receptores de rianodina. “Essa característica confere ‘espectro cruzado’ e alta performance a esses produtos no controle das principais pragas mastigadoras e sugadoras, nas diversas fases de desenvolvimento dos insetos-alvos”, explica o engenheiro agrônomo.
 
Luís Grandeza salienta ainda que os produtos são de baixa carência. Verimark®, acrescenta o gerente, é indicado para aplicações de solo em 28 culturas. Já Benevia® é recomendado para aplicações foliares em 30 cultivos, incluindo café, tomate, feijão, melão, repolho, abobrinha, alface e outras, sobretudo hortifrútis.  “A ação integrada dos produtos proporciona alta sistemicidade e longo período de controle de pragas”, conclui o executivo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink