Cana-de-açúcar

Eventos em Ribeirão Preto e São José do Rio Preto focam tratamento fitossanitário da cana-de-açúcar

Acontece nesta quinta-feira na cidade de Ribeirão Preto o encontro tecnológico Os Desafios para o Tratamento Fitossanitário na Cana-de-Açúcar
Por:
60 acessos

Especialistas convidados da empresa australiana Nufarm falam sobre a inserção de novas tecnologias na cadeia produtiva e debatem desafios do manejo de plantas daninhas, pragas e doenças nas lavouras do setor

Acontece nesta quinta-feira na cidade de Ribeirão Preto o encontro tecnológico Os Desafios para o Tratamento Fitossanitário na Cana-de-Açúcar, organizado pela empresa australiana Nufarm. A companhia, presente entre as líderes do mercado global de defensivos agrícolas, reúne um grupo de profissionais de unidades produtoras de açúcar, etanol e energia, para debater com especialistas do setor as soluções tecnológicas mais indicadas ao controle de pragas, doenças e plantas daninhas nas lavouras, com vistas ao incremento da produtividade e à longevidade dos canaviais.


 
O evento será aberto pelo engenheiro agrônomo Murilo Borges, gerente de Trade Marketing da regional Sudeste da Nufarm, que tratará sobre o atual momento da agricultura canavieira e do mercado brasileiro de agroquímicos. Em seguida, o consultor Weber Valério, da consultoria Agro-Analítica, apresenta estudos envolvendo o manejo de plantas daninhas de folhas largas de difícil controle nos canaviais.
 
Em sequência a Valério, clientes e usuários do herbicida Tractor®, distribuído pela Nufarm, exibem um caso de sucesso obtido no controle de plantas daninhas de folhas largas.
 
No período da tarde, o consultor Pedro Jacob Christoffoleti, da Esalq/USP, aborda o uso de boas práticas para o uso correto de agroquímicos nas operações de dessecação dos canaviais e renovação de lavouras. Logo a seguir, clientes da Nufarm mostram um caso de sucesso da aplicação do herbicida Crucial®, da companhia, na dessecação de canaviais.

 
Outra palestra que promete movimentar o evento será feita pelo consultor Edson Baldan Jr., da Baldan Consultoria, em torno da adoção de tecnologias de suporte, incluindo drones e vants – veículos aéreos não tripulados – para monitoramento e controle de plantas daninhas nas lavouras.
 
O engenheiro agrônomo da área de Desenvolvimento da Nufarm, Celso Silva, apresenta na sequência o conjunto de soluções disponível no mercado, com a marca da empresa australiana, recomendado à cultura da cana-de-açúcar. Este portfólio é formado, sobretudo, pelos herbicidas Crucial®, Tractor®, Sumyzin 500®, Nufuron®, Gesaprim 500 CG® e U46BR®, além do inseticida Nuprid® e dos fungicidas Curado® e Monaris®.

 
Ao final do encontro, o gerente da Nufarm, Murilo Borges, fará um balanço da reunião e debaterá com os convidados os desafios presentes e futuros para o manejo fitossanitário da cana-de-açúcar. Ele assinala que na última semana a companhia realizou um evento com agenda semelhante na cidade de São José do Rio Preto, outro polo estratégico da agricultura canavieira nacional.
 
“A Nufam está investindo fortemente no desenvolvimento de soluções tecnológicas para o setor sucroenergético. A cadeia produtiva do açúcar, etanol e da energia de biomassa é estratégica para os negócios de nossa empresa no Brasil, e considerada prioritária pela matriz da companhia na Austrália”, ressalta Murilo Borges.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink