Expectativa de produção de grãos cresce apenas 0,72% no CE
CI
Agronegócio

Expectativa de produção de grãos cresce apenas 0,72% no CE

Por:

O intenso período de chuvas — ocorrido principalmente a partir do dia 16 de janeiro — influenciou o desempenho da safra agrícola no mês de fevereiro. Os agricultores que plantaram em terras situadas em várzeas tiveram perdas com o arroz (-0,36%), milho(-0,32%) e feijão (-0,13). Mesmo assim, a expectativa de produção de grãos é de 1.361.182 toneladas, um leve crescimento de 0,72% em relação ao prognóstico de janeiro, segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), realizado pelo Grupo de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias do Ceará (GCEA-CE).

Apesar das adversidades, houve incremento de 56,59% na área da mamona, resultado do incentivo governamental do Estado e 1,23% na área do milho. Em fevereiro é esperado ainda um rendimento de 1.308 kg/hectare na cultura do milho contra 1.288 kg/ha do mês anterior.

Uma diversidade de situações foram constatadas pelo GCEA: alguns agricultores não tiveram perdas, pois plantaram em terrenos de encosta, mais elevados, enquanto outros perderam suas culturas por estarem em terras situadas em várzeas. Destes, alguns ainda enfrentam o excesso de umidade das terras, outros, quando foi possível, dedicaram-se ao replantio; outros esperam a distribuição de semente governamental.

“O GCEA apresenta essas informações com ressalvas, até que se tenham melhores condições de avaliação”, explica o relatório.

PERMANENTES — Em relação às culturas permanentes, o prognóstico foi apresentado com mais segurança. Acerca dos frutos secos, houve uma pequena alteração na produção da banana (0,01%), quando comparado com o mês anterior. Com esse resultado, se espera colher 668.833 toneladas, representando um avanço de 2,75% num comparativo com a safra passada e não houve alteração significativa com respeito ao primeiro prognóstico.

Quanto a castanha de caju, foi constatada alteração em relação ao mês de janeiro, nos municípios de Beberibe, Novas Russas e Baixo Jaguaribe. Como resultado, a expectativa é de se colher 124.170 toneladas, expressando aumento de 15,15% quando comparado com a safra de 2003 e uma redução de 1,23% se comparada a do mês precedente.

Sobre os frutos, cuja estimativa de produção é de 1 mil frutos, a alteração foi verificada no abacaxi colhido em Santana do Cariri. Assim, espera-se obter 235.816 mil frutos, significando aumento de 7,91% em relação à safra de 2003 e um aumento de 0,12% num comparativo com o início do ano.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink