Expodireto surpreende em negócios

Imagem: Divulgação Imprensa Expodireto

BALANÇO FINAL

Expodireto surpreende em negócios

Volume foi 10% a mais do que na edição passada mesmo com estiagem
Por: -Eliza Maliszewski
1133 acessos

Grande parte do Rio Grande do Sul enfrenta uma estiagem severa com perdas severas em grãos, tabaco e gado leiteiro. Um quarto do total de municípios decretou situação de emergência. Mesmo diante deste cenário a 21ª Expodireto Cotrijal parece não ter sentido os efeitos. Somente o público foi um pouco menor do que em 2019: de 268 mil para 256 mil visitantes, queda de 4%, em função do coronavírus.

Mesmo com a projeção de queda de 7% feita pela Abimaq, os números finais da feira surpreenderam. O aumento nas vendas em relação a edição anterior foi de 10%, passando de R$2,4 bilhões para R$2,6 bilhões. 

O presidente da Cotrijal, Nei Mânica, disse que a expectativa de comercialização era alcançar os números do ano passado “Temos muito produtores capitalizados com recursos próprios, financiamento bancários com dois anos de carência e muitos negócios de pessoas de outros estados do Brasil”, comentou. O presidente citou como exemplo o caso de dois produtores que vieram do Amapá e compraram cerca de 20 máquinas.

A edição de 2021 já tem data. Deve ocorrer de 1º a 5 de março. Durante os cinco dias de feira acompanhamos as estratégias e lançamentos que levaram a este resultado. Confira um resumo com o balanço final na reportagem em vídeo:


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink