ExpoLondrina mantém saldo positivo

Agronegócio

ExpoLondrina mantém saldo positivo

O destaque foi o número de visitantes da exposição, que somou 457 mil e superou a do ano passado em 5,25%
Por:
235 acessos

Apesar do conturbado cenário econômico do momento, a 49 Exposição Agropecuária de Londrina, realizada entre os dias 02 e 12 de abril, conseguiu registrar índices positivos de comercialização e público. No geral, a feira movimentou R$ 186 milhões e registrou um crescimento de 1,99% em relação ao ano passado. O destaque foi o número de visitantes da exposição, que somou 457 mil e superou a do ano passado em 5,25%.

O presidente do Sociedade Rural do Paraná, Alexandre Lopes Kireeff, afirmou que os números da Expo 2009 ficaram dentro das expectativas da organização. No início do evento a previsão era de um crescimento de 3,99% em relação ao ano passado. ""Não ficamos desapontados. Estamos dentro da margem de erro. E alguns setores, especialmente, tiveram resultados surpreendentes"", pontuou Kireeff.

Os primeiros resultados da Expo 2009 foram divulgados ontem, mas a organização acredita que dentro de 45 dias deverá anunciar um novo levantamento, elaborado dentro de outra metodologia, envolvendo dados mais precisos de comercialização, números de pessoas empregadas, energia consumida e lixo produzido pelo evento, entre outros.

Esse ano, um dos destaques da feira foi o número de visitas monitoradas, feitas por alunos da rede pública de ensino, a qual cresceu 29,71% e atingiu quase 30 mil pessoas. ""Era um número que a gente queria ter atingido ainda no ano passado, então ficamos muito satisfeitos"", afirmou Kireeff. O público dos eventos no recinto João Milanez também surpreendeu, registrando 12% de alta. Nessa edição, foram comercializados 121 mil ingressos, entre shows e rodeios. Na opinião de Kireeff, o novo formato de venda de ingressos - informatizado - deve ter colaborado para esse resultado.

A ampliação do público dentro dos eventos técnicos de produtores foi um dos que mais chamou atenção. O aumento de visitantes foi de 86%. Em 2008, cerca de 7 mil produtores participaram desse tipo de encontro. Esse ano, o número chegou a 13 mil. ""Isso se deve à nossa meta que é dividir experiências e transferir tecnologia a todo setor agropecuário"", frisou Kireeff.

A organização também aponta como positivo a segunda edição da Feira Sabores do Paraná, que englobou agroindústrias e associações de artesãos rurais. O pavilhão onde aconteceu a feira recebeu 65 mil visitantes. O movimento gerou negócios da ordem de R$ 1,4 milhão, sendo R$ 400 mil em vendas diretas e o restante em negócios para entregas posteriores. Na opinião de Kireeff, o resultado é importante porque mostra que essa feira está se consolidando dentro da ExpoLondrina e ainda ocupando o espaço que a organização quer destinar aos pequenos produtores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink