Exportação de máquinas agrícolas cresce
CI
Imagem: Pixabay
FEVEREIRO

Exportação de máquinas agrícolas cresce

Os maiores compradores foram Paraguai, Argentina, Ucrânia, Rússia e Bolívia
Por: -Eliza Maliszewski

O setor de máquinas e equipamentos segue o movimento de recuperação em 2021. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) no mês de fevereiro a receita total do setor superou em 6,3% o resultado de janeiro de 2021 e em 18,0% o do mesmo período de 2020. Com isso, o primeiro bimestre no ano encerrou com crescimento de 27,4%. O resultado anualizado mostrou nova expansão, desta vez da ordem de 9,3%.

Após crescer 0,9% em dezembro, as exportações de máquinas recuaram 1,6% em janeiro de 2021 e 20,3% em fevereiro. Por outro lado as máquinas agrícolas não sentiram esta queda e cresceram 66,9% no mês. No faturamento houve queda em relação ao mesmo mês do ano passado, passando de 130.628,71 para 126.209,89 (US$ mil FOB) , queda de 3,4%. Os maiores compradores foram Paraguai, Argentina, Ucrânia, Rússia e Bolívia.

O mercado doméstico continua como o responsável pela melhora no desempenho em alguns dos setores fabricantes de máquinas e equipamentos. Em fevereiro o crescimento da receita interna foi 6,2% na comparação com o mês de janeiro de 2021 e de 35,6% em relação a fevereiro de 2020.

As importações que vinham registrando uma fraca recuperação voltaram a recuar nos últimos dois meses e mais fortemente durante o mês de fevereiro de 2021. No segmento de máquinas agrícolas houve queda de 14,3% no mês e de 17,3% no ano nas importações.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink