Exportação de soja em março é a 2ª melhor da história

ANÁLISE

Exportação de soja em março é a 2ª melhor da história

Análise leva em consideração os volumes exportados somente nos meses de março
Por: -Leonardo Gottems
1070 acessos

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) indicou que as exportações de soja no Brasil aumentaram 1,6% no terceiro mês do ano na comparação com o mesmo período do ano passado, para 8,96 milhões de toneladas, sendo a 2ª melhor da história para o mês de março. Segundo o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, os dados foram divulgados pelo governo na segunda-feira (01.04). 

“Para meses de março, os embarques do último mês só perderam para março de 2017, quando somaram 8,98 milhões de toneladas, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), compilados pela Reuters.  O volume registrado em março é quase 3 milhões de toneladas superior ao visto em fevereiro, quando o país estava apenas começando a exportar a soja de sua safra 2018/19, que estará entre as maiores da história do Brasil, apesar de perdas pela seca”, comenta o especialista em seu boletim informativo diário. 

Além disso, Pacheco lembra que a soja é o principal produto exportado pelo Brasil, que também é o maior exportador global da oleaginosa, rendendo ao país em março US$ 3,25 bilhões, “levemente abaixo do mesmo período do ano passado (3,4 bilhões de dólares), quando o preço do produto estava mais alto. Segundo a Secex, o preço médio de exportação de soja atingiu 363,3 dólares por tonelada em março, ante 389,7 dólares no mesmo mês de 2018”. 

“As exportações de soja no primeiro trimestre somaram 17,2 milhões de toneladas, ante 13,2 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado, com o impulso de uma colheita antecipada da oleaginosa neste ano. Os embarques de milho também foram maiores no primeiro trimestre. O país exportou 891,9 mil toneladas em março e 6,8 milhões de toneladas nos três primeiros meses do ano, ante 4,88 milhões no mesmo período de 2018”, conclui. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink