Exportação de suínos bate recorde em 2004

Agronegócio

Exportação de suínos bate recorde em 2004

Por:
1 acessos
Apesar das restrições impostas pela Rússia - principal mercado para a carne suína nacional - , o Brasil conseguiu fechar 2004 com recorde nas exportações do produto, tanto em receita quanto em volume. Segundo a Abipecs (reúne exportadores de carne suína), o faturamento com os embarques no ano passado cresceu 40,5% sobre 2003, para US$ 774 milhões. O volume, porém, aumentou de forma mais modesta: 2,4%, para 507,7 mil toneladas.


Com esse desempenho, o preço médio da carne suína na exportação em 2004 teve alta de 37,23%, cotado a US$ 1.525 por tonelada. Pedro Camargo Neto, presidente da Abipecs, disse que os preços da carne suína se valorizaram acompanhando o que ocorreu com outras carnes - de frango e bovina. Problemas sanitários, como a doença da "vaca louca" e a influenza aviária, levaram a uma redução da oferta no mercado internacional sustentando os preços.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink